Fique por dentro de Floripa
Busque no Deolhonailha

Assine a newsletter

Cadastre-se abaixo:

Veja as últimas notícias de florianópolis

Hospital e Maternidade Carlos Correa passará a realizar cirurgias pelo SUS

Deolhonailha: 20/10/2010 - Postado por:

Meta para 2011 é de 240 cirurgias por mês.

Depois de mais de 20 anos o Hospital e Maternidade Carlos Correa volta a realizar cirurgias através de um plano de saúde pública. O prefeito da capital, Dário Berger, e o secretário da Saúde do município, João Candido da Silva, assinaram nesta quarta-feira um convênio com a Associação Irmão Joaquim, que administra a instituição, garantindo o atendimento pelo SUS de pacientes encaminhados pelo órgão municipal. “Uma cidade não se constrói apenas com obras, é preciso investir em educação e saúde para toda população”, afirmou o prefeito.

Com a parceria firmada hoje o Hospital e Maternidade Carlos Correa prestará serviços para o SUS e poderá receber mensalmente até R$ 128.000,00. Num primeiro momento, previsto para iniciar já no mês de novembro, serão realizadas cirurgias de média complexidade em otorrinolaringologia, cirurgia geral, cirurgias do aparelho geniturinário e planejamento familiar e ortopedia. Estão incluídas as laqueaduras, vasectomia, cirurgia vascular e atendimento odontológico para pacientes portadores de necessidades especiais que dependem de sedação, entre outras. “Este convênio foi aprovado por todas as instancias, inclusive pelo Ministério da Saúde e pelo Conselho Municipal da Saúde”, lembro o titular da pasta na capital.

Será implantada também uma sala de estabilização com 03 leitos e oferecidos exames de imagem, de patologia clínica, eletrocardiograma, etc. Com isso os usuários de Florianópolis que precisavam se deslocar a municípios vizinhos, como Santo Amaro da Imperatriz e Angelina, para a realização de cirurgias eletivas de media complexidade, poderão ser atendidos no centro da cidade.

Até o final do ano poderão ser realizados 547 procedimentos entre consultas e cirurgias. Em 2011 há a previsão de ampliação para 240 cirurgias por mês e a promoção de mutirão para mais 150 cirurgias, levando o repasse para R$ 260.000,00. As ações não ficarão restritas às cirurgias de média complexidade e novos serviços poderão ser oferecidos, como a implantação da unidade de terapia intensiva. “Desde 1980 Florianópolis não ganhava um hospital público, agora graças a este convênio e sem precisar realizar uma grande obra estamos dando a cidade e a sua população uma nova casa de saúde”, destacou o secretário João Candido da Silva.

Asilo Irmão Joaquim

Além do convênio destinado ao Hospital e Maternidade Carlos Correa, está sendo assinado também outro convênio, no valor de R$ 3.000,00/mês, que tem como objeto o auxilio nas ações de custeio e manutenção que possam garantir o atendimento integral à saúde da pessoa idosa residente no Asilo Irmão Joaquim.

Categoria: Saúde

Comente!