fique por dentro de floripa

- Geral - OAB/SC lança a campanha 'Carnaval com respeito e sem preconceito'

01.03.2019

OAB/SC lança a campanha 'Carnaval com respeito e sem preconceito'

01.03.2019
OAB/SC lança a campanha 'Carnaval com respeito e sem preconceito'
Foto: OAB/SC

A OAB/SC lançou a campanha “Carnaval com respeito e sem preconceito”, por intermédio de suas Comissões temáticas e numa iniciativa em conjunto com a Caixa de Assistência dos Advogados (CAASC). Com peças gráficas alusivas à folia, com imagens descontraídas, mas lembrando os preceitos da legislação, para uso em redes sociais e canais de compartilhamento de conteúdo instantâneos, a campanha  busca chamar a atenção da população e repercutir temas importantes como o combate ao assédio, o respeito às diferenças e a responsabilidade no trânsito durante o Carnaval 2019. 
 
As 90 Comissões da OAB/SC são órgãos que prestam assessoria técnica especializada à Seccional e têm papel relevante para a sociedade nas mais diversas áreas, como defesa dos idosos, mulheres, crianças, assistência social, meio ambiente, etc. “Com esta campanha, a OAB cumpre a sua função social estatutária e constitucional enquanto garantidora dos deveres e direitos dos cidadãos. Para isso, unimos toda a representatividade e a interdicisplinaridade das nossas Comissões para elaborar lembretes importantes a todos os advogados e advogadas, bem como a toda a população. Nosso desejo é que as comemorações de carnaval mantenham seu espírito festivo, mas também o respeito às pessoas. Nosso papel enquanto advogados e porta vozes da advocacia é traduzir esse conhecimento para sermos parte ativa no apoio à comunidade e ao exercício da cidadania”, considera o presidente da OAB/SC, Rafael Horn.
 
Para a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina, Claudia Prudêncio, é indispensável incentivar o diálogo sobre estes temas. “É fundamental que tenhamos um forte debate sobre essas questões que persistem, principalmente em épocas festivas como o carnaval. Situações envolvendo assédio, preconceito e embriaguez ao volante ainda são recorrentes, mesmo com tantas campanhas e avanços sociais em relação a esses temas. Esse processo de conscientização da sociedade deve ser contínuo e a CAASC faz questão de participar dele”, afirmou.
 
O coordenador das Comissões temáticas da OAB/SC, Pedro Miranda de Oliveira, explica que a conscientização é o principal foco. “A atuação das nossas Comissões se entrelaça em diversos momentos. Temos um grupo muito forte de especialistas e, por isso, por meio da coordenadoria, reunimos o conhecimento e a força de seus integrantes nesta campanha num momento em que tantas questões sociais e legais vêm à tona diante do considerável aumento no número de casos de violência, agressão, assédio, intolerância, racismo e preconceito”, destacou.
 
Confira a opinião das Comissões da OAB/SC sobre os temas da campanha:
 
Comissão de Direitos Humanos
“O Brasil é o país da ginga, do samba e da alegria, com um povo jovem, criativo e aberto às novas ideias. E o carnaval, nossa festa maior, o melhor momento para mostramos ao mundo que o respeito à diversidade de gênero, raça, etnia e orientação sexual podem estar numa grande festa, o espetáculo da democracia. A nossa campanha, desenvolvida por meio da Coordenadoria das Comissões tem o intuito de lembrar a todos e todas que mais que uma festa, o carnaval é um momento de comemoração da nossa diversidade social”. Matheus Felipe de Castro – presidente 
 
Mulher Advogada 
“O OAB/SC como instituição que contribui diuturnamente na construção de uma sociedade mais justa e pacífica, também abraça a causa pelo fim do assédio. O carnaval, maior festa popular do país, é o momento mais adequado e necessário para avaliar se uma legislação tão recente e importante possui eficácia. Assim, a disseminação do que é, de como agir e dos canais de atendimento sobre a importunação sexual é indispensável para toda a sociedade. Todos precisam lembrar: a vítima é vítima e merece apoio; o crime deve ser denunciado, seja por BO em delegacias ou pelo disque 180 ou 190. O respeito deve sempre ser usado sem moderação”. Rejane Sânchez – presidente da Comissão
 
Igualdade Racial 
“O carnaval é uma das festas mais democráticas e importantes para o Brasil. É o momento onde todos se tornam iguais, apenas separados pela criatividade de cada um. Justamente por isto, nos cabe lembrar que o respeito precisa ser sempre o sentimento que nos une e que ao agredirmos as diferenças com nossas limitações e preconceitos, estamos ferindo toda sociedade democrática de Direito, ferindo nossos direitos básicos, ferindo a nossa constituição. Não podemos permitir que o desrespeito e o preconceito se escondam atrás das fantasias. Nosso dever é tirá-los da avenida por meio da conscientização”. Marco André – presidente da Comissão 
 
Direito Homoafetivo e Gênero
“Neste carnaval precisamos tratar todos aqueles que entendemos diferentes de nós de forma empática, calorosa e respeitosa. Essa festa é para todos. Brincar é a melhor solução para aliviar as tensões dos preconceitos, da falta de equidade e amor que insiste em reinar num mundo tão desequilibrado. Saibamos nos divertir respeitando a individualidade de cada um, gênero, orientação sexual e qualquer forma de ser. Dessa forma, nada mais adequado que a nossa OAB cumpra seu papel estatutário encabeçando essa importante campanha de conscientização pelo respeito às diversidades e aos direitos dos cidadãos”. Margareth Hernandez – Presidente da Comissão 
 
Transporte e Mobilidade Urbana
“O carnaval traz consigo os altos índices de acidentes de trânsito provocados por motoristas embriagados. Todos os anos, lamentavelmente, dezenas de pessoas perdem a vida nas estradas catarinenses. Essa tragédia poderia ser facilmente evitada caso as leis de trânsito fossem observadas, em especial o art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro, que proíbe dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência. Além de se tratar de infração gravíssima, com penalidade de multa pesada e suspensão do direito de dirigir por 12 meses, o motorista envolvido em acidente que estiver sob o efeito de álcool ou substância psicoativa pode responder civil e criminalmente, inclusive com possibilidade de ser preso ou compelido a pagar indenização e/ou pensão mensal vitalícia para a vítima e seus familiares”. Guilherme Andriani – Presidente da Comissão
 
Combate à violência doméstica
"O Carnaval é uma grande festa nacional de alegrias e brincadeiras saudáveis. Nossa campanha tem o intuito de recomendar que todos divirtam-se com responsabilidade e respeitem as mulheres. Um NÃO significa NÃO! Do contrário ele passa a ser uma importunação sexual, o que é crime. Essa é uma informação que precisa ser difundida. E as mulheres que não forem ouvidas e respeitadas devem denunciar. Pedimos a todos que fiquem atentos. Qualquer suspeita de importunação ou violência, física ou psicológica, liguem para o 180 ou para o 190. Patrícia Fileti - Presidente da Comissão

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Prefeitura de Florianópolis garante entrega do Elevado do Rio Tavares neste sábado

20.03.2019

Prefeitura de Florianópolis garante entrega do Elevado do Rio Tavares neste sábado

Palestra nesta quinta-feira vai abordar racismo em Florianópolis

20.03.2019

Palestra nesta quinta-feira vai abordar racismo em Florianópolis

Espetáculo vai abordar as relações humanas em uma viagem de ônibus por Floripa

19.03.2019

Espetáculo vai abordar as relações humanas em uma viagem de ônibus por Floripa

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.