Veja as últimas notícias de florianópolis


Trabalhadores do Hospital de Caridade entram em greve por tempo indeterminado

Decisão foi tomada nesta terça-feira em função do não pagamento do 13º salário

Deolhonailha: 20/12/2016 - Postado por: Redação

Trabalhadores decidiram pela greve em assembleia
Foto: Divulgação

Em assembleia, os trabalhadores do Imperial Hospital de Caridade decidiram por unanimidade iniciar paralisação geral das atividades pelo não pagamento do 13º salário.

O SindSaúde/SC está em negociação com a direção do IHC há duas semanas e até agora a Direção não havia apresentado nenhuma previsão de depósito, que deveria ter sido feito no dia 6/12. Na manhã desta terça-feira, os gestores propuseram o pagamento do 13º apenas aos trabalhadores da higienização, nutrição e lavanderia, o restante seria parcelado em 8 vezes, com a primeira parcela em 22/12. A proposta foi rejeitada também por unanimidade pelos trabalhadores.

A greve inicia hoje e não tem previsão para acabar. O IHC tem um corpo de funcionários/as de cerca de mil pessoas e muitos estão dispostos a paralisar todos os serviços até o pagamento do 13º. “O Hospital de Caridade havia garantido que o primeiro dinheiro que entrasse seria destinado ao pagamento dos trabalhadores e não tem feito isso. Milhões já foram repassados e continuam sem uma proposta decente para as pessoas que só querem a garantia do seu direito assegurado por lei” afirma a presidente do SindSaúde/SC Edileuza Garcia Fortuna.

Entenda o caso

Por conta do não pagamento do 13º salário, os/as trabalhadores/as do Hospital de Caridade estão realizando paralisações diárias de uma e duas horas desde o dia 8/12. Desde a data, várias mesas de negociação foram feitas com os gestores da unidade de saúde e nenhuma previsão de pagamento foi apontada.

Em reunião, no dia 9/12, a direção do IHC afirmava ter R$17mil em caixa, quantia insuficiente para o pagamento, mas garantiu que o primeiro repasse de verbas recebido pelo Hospital seria utilizado para pagar o 13º dos/as funcionários/as. A promessa não foi cumprida e o IHC recebeu milhões em repasses da prefeitura de Florianópolis e de planos de saúde e optou por pagar fornecedores.

No dia 14/12 foi aprovado o indicativo de greve para iniciar dentro de 72 horas e depois da última negociação com a direção, os/as trabalhadores decidiram iniciar a paralisação imediatamente.

Categoria: Saúde

Sobre Redação

Redação

DeOlhoNaIlha

O Deolhonailha publica Notícias de Florianópolis e grande Florianópolis diariamente sobre os mais variados temas e assuntos, sempre com foco em Florianópolis. Todo material é proveniente de fontes qualificadas e confiáveis e editado na redação do portal, que também produz reportagens especiais sobre assuntos interessantes que não têm destaque na mídia tradicional.

Comente!

Cinemas em Florianópolis - Filmes em destaque de 12 a 18 de janeiro

veja o guia de cinema completo