18.5 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

Vacina gera otimismo para a retomada da economia

spot_img

Vacina gera otimismo para a retomada da economia

spot_img

São Paulo,SP 27/7/2021 –

Aos poucos, com o avanço da vacinação, as cidades começaram a relaxar as medidas restritivas.

É um fato notório que o advento da pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe uma série de problemas para a economia global e, principalmente, revelou-se uma crise sanitária mundial, sem proporções, no século 21. No entanto, com a vacinação em massa em países de todo o mundo, parece que, finalmente, os primeiros sinais de mudança no cenário global começam a surgir.

A vacinação da população tem sido o grande combustível para a recuperação econômica, bem como a diminuição nos casos de contaminação e mortes por Covid-19. Apesar de algumas restrições ainda serem mantidas no âmbito social, o cenário econômico parece ser bem mais positivo no Brasil. Especialistas já mostram otimismo com uma recuperação da economia brasileira ainda no segundo semestre de 2021.

O principal motivo que leva a essa previsão otimista é, justamente, o fato de que a aceleração do processo de vacinação pode resultar em toda a população adulta vacinada no início do quarto trimestre. Dessa forma, se essa previsão se cumprir, é esperado que muitas restrições em todos os setores da economia sejam derrubadas para aquecer ainda mais a economia brasileira.

A previsão de aumento do PIB – importante métrica para definir o atual estado de uma economia – já sofreu revisão ao longo das últimas semanas. A expectativa de crescimento da economia brasileira ultrapassa 5% ainda em 2021. Além disso, os economistas do mercado também esperam que essa tendência de crescimento seja mantida em 2022. Além da vacinação da população brasileira, outro fator que fundamenta tais expectativas é o fato de a economia brasileira ter crescido 1,2% no primeiro trimestre do ano, ou seja, quando o processo de vacinação ainda estava nos estágios iniciais.

Na última previsão do mercado financeiro, os economistas decidiram pelo aumento da expectativa de crescimento do PIB para 5,18%. O último patamar do índice era de 5,05%. Outro detalhe importante é que este foi o décimo primeiro aumento consecutivo desse indicador.

Oportunidade para o microempresário planejar a recuperação do negócio

Micro e pequenas empresas foram, sem sombra de dúvidas, as mais afetadas no âmbito econômico. Apesar disso, com sinais de que a vacinação da população deverá continuar em alta durante todo o ano, essa pode ser a grande chance de começar a planejar uma volta com tudo ao mercado.

Dessa forma, o microempresário pode começar os planejamentos para este segundo semestre de 2021. A reposição do estoque, por exemplo, pode ser um grande diferencial uma vez que a economia está aquecida e deve continuar assim, seguindo o ritmo de vacinação dos brasileiros. A reposição do estoque pode ser um ponto crucial para tentar recuperar as receitas perdidas com a pandemia. Com o aumento da circulação dos clientes é esperado que a demanda também volte a crescer.

Além disso, o empreendedor pode começar a pensar em reformas que agreguem valor ao negócio. Mesmo com a vacinação em massa, alguns costumes adquiridos durante a pandemia devem durar por mais algum tempo, de forma a conter a disseminação do vírus ou contaminação causada pelas variantes do novo coronavírus. Por isso, investir em reformas que adequem o negócio ao novo normal também é um investimento importante para garantir que a empresa acompanhe a tendência de crescimento da economia brasileira no segundo semestre de 2021.

Empréstimo entre pessoas físicas

Uma forma de conseguir o capital para repor o estoque e fazer as reformas necessárias é o empréstimo online entre pessoas físicas. Essa modalidade de crédito possui vantagens como juros menores, facilidade de acesso ao crédito, menos burocracia e muito mais transparência. Além disso, melhores condições de pagamento e a possibilidade de negociar diretamente com quem está emprestando são outras vantagens dessa modalidade de empréstimo.

O Bullla é uma fintech do setor financeiro digital que atua nessa modalidade de crédito no Brasil. No Bullla o bom pagador é recompensando por meio de um sistema de nota de crédito exclusivo, que beneficia quem paga em dia, além da possibilidade de conseguir empréstimos futuros com taxas de juros menores.

Mais informações em https://www.bullla.com.br/.

Website: https://www.bullla.com.br/

spot_img
spot_img

Leia mais