21.9 C
fpolis
sábado, abril 13, 2024
Cinesystem

2º Sci-Fi Floripa Festival Internacional de Cinema de Ficção-Científica

spot_img

2º Sci-Fi Floripa Festival Internacional de Cinema de Ficção-Científica

spot_imgspot_img

A Ilha de Santa Catarina recebe em julho um dos maiores festivais de cinema de ficção-científica do país, com uma lista de mais de 75 filmes inéditos nas telas da capital.

Serão cinco mostras temáticas, com competição internacional, premiação latino-americana e longas-metragens convidados.

Os destaques de estreia desta edição vão para os longas metragens “O Quarto Nascer do Sol” (“Al Patrulea Răsărat”, 2022) da Romênia, e “Caixa Preta” (“Black Box”, 2023) do Reino Unido.

Do Brasil teremos duas estreias nacionais: “Espaço Limiar” (2023), de Gabriel Papaléo (RJ) e o premiado “Mata Seco em Chamas” (2022), de Adirley Queirós e Joana Pimenta (DF).

Na mostra internacional competitiva de curtas-metragens, filmes de 28 países vão concorrer a diversas premiações.

Obras clássicas restauradas, e não muito conhecidas do público, vão dar o tom de diversidade de técnicas do cinema de invenção. Da República Tcheca vem o “Um Cometa Muito Louco” (“Na Kometa”, 1970) do grande Karel Zeman, mestre da animação cut-out e pixilation. O filme é baseado na obra de Júlio Verne.

Da Polônia o clássico “Globo de Prata” (1988). de Andrzej Żuławski, filme que demorou quase 10 anos para ser concluído devido ao regime de censura da época.

E do Brasil, o grande clássico de ficção-científica “Abrigo Nuclear” (1981) de Roberto Pires, cineasta baiano de fundamental importância na cinematografia nacional. Pires produziu o primeiro longa de Glauber Rocha, e foi o inventor da primeira lente cinemascope brasileira, a Igluscope.

O cineasta Roberto Pires será o grande homenageado do festival, que vai contar com surpresas na programação, debates com realizadores locais, estreias internacionais e tudo relacionado à ficção-científica, gênero do cinema fantástico que mais cresce entre as produções audiovisuais no mundo.

Compondo as homenagens, será exibido o documentário “Bahia Sci-Fi” de Petrus Pires, sobre o mítico filme de ficção-científica “Abrigo Nuclear”, que conta no elenco ninguém menos que Norma Benguell, uma das maiores atrizes brasileiras.

Todo festival tem entrada gratuita, com projeções na Sala de Cinema Gilberto Gerlach no CIC, com classificação indicativa de cada bloco informada no site e na portaria.

A realização do Sci-Fi Floripa é um movimento de ocupação de tela proposto pela Cinemática HUB, com curadoria dos catarinenses Petter Baiestorf e Gurcius Gewdner, coordenação de Andrey Lehnemann e direção artística de Pedro MC.

A co-produção do 2º Sci-Fi é da Tempestá Cultural, com apoio da Marte Inovação Cultural, e realização da Cinemática HUB, com apoio do Cineclube Cinema Unisul e Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina, Fundação Catarinense de Cultura.

Agradecimentos especiais a Troma Distribuidora, Vitrine Filmes, Festival Ecrã e plataforma Filmfreeway.

 SEGUNDA-FEIRA 24/07
16h – Abertura

16h30 – Curtas Premiados
Sci-Fi Floripa 2022

Curtas premiados na primeira edição 2022

Classificação Indicativa 12

18h – Longa-metragem Convidado:

UM COMETA MUITO LOUCO
(“Na Komete” / Dir. Karel Zeman
(República Tcheca, 1970, 74 min)
legendado

Sinopse: Quando um cometa passa muito perto da Terra, ele puxa uma pequena parte do norte da África com ele. Levado junto é um monte de gente. Entre eles, Angelika, que acabou de escapar do navio de um traficante de armas implacável, e seus dois irmãos, que a estão revistando. Depois, há um grupo de nativos, que planejam uma rebelião contra os colonos franceses. Todos esses conflitos se tornam secundários quando as pessoas finalmente percebem que estão condenadas a viver juntas em um planeta alienígena. Baseado no livro homônimo de Julius Verne.

Classificação Indicativa 12

19h15 – Homenagem a Roberto Pires

19h30 – Documentário

SCI-FI BAHIA
Dir. Petrus Pires
(Brasil / BA, 2015, 32 min)

Sinopse: Desde a década de 1970, Roberto Pires militava contra a utilização da energia nuclear, acreditando que ela poderia, a longo prazo, extinguir a vida humana. Com a colaboração de Orlando Senna, escreveu o roteiro de “Abrigo Nuclear”, uma produção ambiciosa de ficção-científica totalmente produzida e rodada na Bahia. Com depoimentos de Orlando Senna, Laura Pires, Nonato Freire, entre outros, o documentário “Bahia SCI-FI” pretende desbravar o universo que rodeava Roberto Pires, a Bahia e a possível guerra nuclear do final dos anos 70 e início dos anos 80

Classificação Indicativa Livre

20h – Longa-Metragem Brasileiro

ABRIGO NUCLEAR
Dir. Roberto Pires
(Brasil / BA, 1981, 86 min)

Sinopse: Os habitantes de um abrigo subterrâneo, construído para preservar a raça humana da poluição radioativa, vivem sob um regime controlado pela comandante Avo. Apesar de protegidos, eles nutrem a esperança de saírem um dia.

Classificação Indicativa 14

TERÇA-FEIRA 25/07
16h – Mostra Filmes Convidados – Sessão Robot Monster

EMPIRE OF THE ROBOT MONSTERS
Dir. Richard Svensson
(Estados Unidos, 2019 03 min)

Ro-Boob: The Farting Robot Monster (2021)
Dir. Logan Fry
(Estados Unidos, 2018, 06 min)

ROBOT MONSTER – O ROBÔ ALIENÍGENA
Dir. Phil Tucker
(Estados Unidos, 1953, 76 min)
legendado

Classificação Livre

Total: 85 min

17h30 – Mostra Competitiva Curtas – Bloco 1

Classificação Indicativa 16

Mimesis (Bulgária, 2023, 6’), de Rumen Russey

Oldmen Rule (Rússia, 2022, 12’), de Alexander Gavrilov

Walkman (Canadá, 2022, 12’), de Ana Guedes

Reformat (Canadá, 2022, 16’), de Jesse Pickett

Prototype (Alemanha, 2023, 6’), de Abril Ruzmed

Immortal Mind (USA, 2023, 2’), de Roku Jingwen Long

Galactic Gold Rush (Canadá, 2023, 7’), de David da Silva

The Invasion of Red-Coke City (Bulgária, 2021, 30’), de Lubo Marinov

The Machine (Canadá, 2023, 7’), de Mauricio Chichizola

What did I Miss? (Egito, 2023, 17’), de Mariam El-Nowaihi

Refém Intergaláctico (Brasil/RS, 2022, 20’), de Douglas Martins

Passarinho (Brasil, 2023, 2’), de Victor Mayer

A Última Galáxia (Portugal, 2020, 2’), de Francisco Lacerda e Francisco Afonso Lopes

DATÆTERNA (França, 2022, 20’), de Axel Chemin

Total: 160 min

20h Longa Metragem Internacional

O QUARTO NASCER DO SOL
Dir. Octavian Repede
(Romênia, 2023, 70 min)
legendado

Sinopse: Em 1992, o comandante astronauta aposentado William Florescu se muda para as margens do Mar Negro, onde revisita sua experiência espacial de janeiro de 1962, quando participou da pioneira missão espacial tripulada “Genesis 1491” dos EUA.

Classificação Indicativa 16

QUARTA-FEIRA 26/07
16h – Reprise Mostra Competitiva Curtas – Bloco 1

Classificação Indicativa 16

Mimesis (Bulgária, 2023, 6’), de Rumen Russey

Oldmen Rule (Rússia, 2022, 12’), de Alexander Gavrilov

Walkman (Canadá, 2022, 12’), de Ana Guedes

Reformat (Canadá, 2022, 16’), de Jesse Pickett

Prototype (Alemanha, 2023, 6’), de Abril Ruzmed

Immortal Mind (USA, 2023, 2’), de Roku Jingwen Long

Galactic Gold Rush (Canadá, 2023, 7’), de David da Silva

The Invasion of Red-Coke City (Bulgária, 2021, 30’), de Lubo Marinov

The Machine (Canadá, 2023, 7’), de Mauricio Chichizola

What did I Miss? (Egito, 2023, 17’), de Mariam El-Nowaihi

Refém Intergaláctico (Brasil/RS, 2022, 20’), de Douglas Martins

Passarinho (Brasil, 2023, 2’), de Victor Mayer

A Última Galáxia (Portugal, 2020, 2’), de Francisco Lacerda e Francisco Afonso Lopes

DATÆTERNA (França, 2022, 20’), de Axel Chemin

Total: 160 min

18h30 – Mostra Competitiva Curtas – Bloco 2

Classificação Indicativa 16

A4 II: El Contacto (Venezuela, 2023, 6’), de Camilo Pineda e Manuel Rugeles

Base 34 (Argentina, 2022, 14’), de Anabela Becker

Clone (USA, 2023, 4’), de Alexander Stephens

Em la piel del familiar (Argentina, 2022, 25’), de Emilio López

Los otros (Argentina, 2022, 15’), de Juan Cruz Oruezabala

Santa Hostia (Espanha, 2023, 5’), de Alberto Oliva

Tribute (Chile, 2023, 5’), de Matias Ignacio Cisternas

Primacy (Espanha, 2022, 20’), de Jos Man

Pe ataju jumali (Ar Quente, Brasil/Colômbia, 2023, 25’), de Unides contra a colonização: muitos olhos, um só coração

The Dark Odyssey 2 — Ice Nexus (USA, 2022, 11’), de Michael Lavine

The Shortest Relationship in the World (China, 2023, 2’), de Xiaoxuan Han

Total: 130 min

20h40 Longa Metragem Internacional

BLACK BOX
Dir. Angel Delgado
(REINO UNIDO, 2023, 73 min)

Sinopse: Marcus é o único sobrevivente de um acidente espacial em uma estação de mineração de asteroides. Depois que o acidente mata todas as outras pessoas nele, ele acaba preso em uma cápsula de fuga danificada, ferido e com perda de memória. Ele consegue entrar em contato com o controle de solo, mas precisará se lembrar do que aconteceu na estação se quiser ajudá-lo a voltar vivo para a Terra.

Classificação Indicativa 16

QUINTA-FEIRA 27/07
17h – Mostra Competitiva Curtas – Bloco 03

Classificação Indicativa 16

SYFY (Brasil/BA, 2023, 4’), de Erik Russell

Será que no Futuro Seremos Todos Cactus? (Brasil/Alemanha, 2021, 13’), de Thais de Almeida e Fernanda Valdivieso

sanc_pc1317_03_01_a_1 – VERSION 02 (Brasil, 2023, 7’), de Henrique Amud e Hakaima Sadamitsu

Promessa de um Amor Selvagem (Brasil/SP, 2022, 23’), de Davi Mello

Procura-se Indianara (Brasil/MG, 2021, 10’), de Mayra Santos Costa

Trincheira (Brasil/AL, 2019, 15’), de Paulo Silver

Zornit (Brasil/PE, 2018, 23’), de Marcello Trigo

Sinal Fantasma (Brasil/SC, 2014, 25’), de André Silveira Thys

Sonhos Febris de uma Cabeça Mais Quente do que o Sol (Brasil, 2021, 10’), de Pedro Karam

Não Existe Pôr do Sol (Brasil/CE, 2021, 16’), de Janaína Lacerda

Nordeste Futurista (Brasil/PB, 2022, 18’), de Luana Flores.

In the shine that appeared in the blue of the sky… (Brasil/MG, 2021, 2’), de Pedro Coelho Xavier

Estática (Brasil/CE, 2022, 13’), de Gabriela Queiroz

Crisálida (Brasil, 2023, 4’), de Igor Ferreira Domingos

What did I Miss? (Egito, 2023, 17’), de Mariam El-Nowaihi

Vertigem (Brasil/SC, 2022, 12’), de Djulia Marc

Total 210 min

20h30 – Conversa com Realizadores

20h45 – Longa Metragem Nacional

ESPAÇO LIMINAR
Dir. Gabriel Papaléo
(Brasil, 2023, 75 min)

Classificação Indicativa 10

SEXTA-FEIRA 28/07
15h – Reprise Mostra Competitiva Curtas – Bloco 3

Classificação Indiciativa 16

SYFY (Brasil/BA, 2023, 4’), de Erik Russell

Será que no Futuro Seremos Todos Cactus? (Brasil/Alemanha, 2021, 13’), de Thais de Almeida e Fernanda Valdivieso

sanc_pc1317_03_01_a_1 – VERSION 02 (Brasil, 2023, 7’), de Henrique Amud e Hakaima Sadamitsu

Promessa de um Amor Selvagem (Brasil/SP, 2022, 23’), de Davi Mello

Procura-se Indianara (Brasil/MG, 2021, 10’), de Mayra Santos Costa

Trincheira (Brasil/AL, 2019, 15’), de Paulo Silver

Zornit (Brasil/PE, 2018, 23’), de Marcello Trigo

Sinal Fantasma (Brasil/SC, 2014, 25’), de André Silveira Thys

Sonhos Febris de uma Cabeça Mais Quente do que o Sol (Brasil, 2021, 10’), de Pedro Karam

Não Existe Pôr do Sol (Brasil/CE, 2021, 16’), de Janaína Lacerda

In the shine that appeared in the blue of the sky… (Brasil/MG, 2021, 2’), de Pedro Coelho Xavier

Estática (Brasil/CE, 2022, 13’), de Gabriela Queiroz

Crisálida (Brasil, 2023, 4’), de Igor Ferreira Domingos

Vertigem (Brasil/SC, 2022, 12’), de Djulia Marc

Total: 190 min

18h – Mostra Competitiva Curtas – Bloco 4

Classificação Indicativa 18

Energúmeno (Brasil/GO, 2023, 19 min.) de Luis Calil

Ultimul vis pentru lunã (The Last Dream for the Moon, Romênia, 2016, 30’), de Octavian Repede

Darklands (Brasil/RS, 2022, 10’), de Rafael Cipriani

Allegro (França, 2023, 5’), de Vincent Bonet

Ressurgido (Brasil/PR, 2022, 30’), de Ribamar Nascimento

Bullfighter (Brasil/RS, 2022, 2’), de Pedro Murad

A Fuga (Brasil, 2022, 14’), de Leonardo Malinowski

Cabeça de Estática (Brasil/SP, 2023, 17’), de Lohan Duarte

Mar Doce (Brasil/RJ, 2022, 10’), de Pedro Lopes Gomes

Quartzo (Brasil/MG, 2022, 13’), de Evandro Caixeta e João Gilberto Lara

Total: 150 min

20h40 – Conversa com Realizadores

21h – Longa Metragem Internacional

VEGAS IN SPACE
Dir. Phillip R. Ford
(Estados Unidos, 1991, 75 min)

Sinopse: A trama diz respeito a três viajantes espaciais masculinos que devem se tornar mulheres para completar uma missão secreta no planeta feminino Clitoris.

Classificação Indicativa 18

SÁBADO 29/07
17h – Mostra Competitiva Curtas – Bloco 5

Classificação Indicativa 16

Poltergosma (Brasil/PR, 2022, 15’), de Jonathan Rodrigues

Brota (Brasil, 2022, 14’), de Letícia Coelho e Bruna Brunu

Amor Irreal (Brasil/RS, 2023, 6’), de Lucas Reis

Enquanto eu Respirar (Brasil/RS, 2020, 7’), de Thiago Beckenkamp

Pesadelo Absoluto (Brasil/SP, 2023, 7’), de Luciano de Azevedo e Marionaldo Júnior

Nos Olhos de Quem Vê (Brasil/RJ, 2022, 25’), de Catharina Felix

Mar de Problemas (Brasil/ES, 2023, 1’), de Dani Micóids

Lover’s Chorus: piece-film (Brasil/AM, 2022, 9’), de Tércio Silva

Estímulos (Brasil/PR, 2023, 23’), de Rebecca Capozzi e Jorge Tibilletti

21 (Brasil/RJ, 2022, 17’), de Paulo Gabriel

Espero-te ao Fim dos Tempos (Brasil/SC, 2023, 17’), de Júlia K. Rojas

O Terceiro Híbrido (Brasil/RS, 2023, 25’), de Eric Pedott

Total: 160 min

19h40 – Debate com Realizadores

20h – Longa Metragem Internacional

GLOBO DE PRATA
Dir. Andrzej Zulawski
(Polônia, 1988, 166 min)
legendado

Sinopse: Um grupo de cientistas e exploradores espaciais fogem da Terra em busca de um novo planeta onde possam construir suas liberdades através de uma nova civilização. O problema é que a viagem deles falha e eles acabam caindo na face oculta da Lua, onde percebem que a semente que destruirá os seus sonhos está florescendo dentro deles mesmos.

Classificação Indicativa 16

DOMINGO 30/07
15h – Reprise Blocos 4 e 5

Total: 280 min

19h40 – Premiação + Mostra Premiados

20h00 – Longa Metragem Nacional

MATO SECO EM CHAMAS
Dir. Joana Pimenta, Adirley Queirós
(Brasil, 2022, 193 min)

Sinopse: Na favela de Sol Nascente, na Ceilândia, a principal moeda de troca entre grupos inimigos é o petróleo. Chitara, grande gasolineira da região, tenta fidelizar a clientela junto ao seu poço particular com a ajuda da irmã. Quando o Brasil se torna mais conservador e ameaça votar na extrema-direita, o posicionamento de Chitara se transforma em um ato político.

Classificação Indicativa 16  

editor.deolhonailha
editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img