23 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

3º Festival Nacional do Conto começa nesta terça-feira em Florianópolis

spot_img

3º Festival Nacional do Conto começa nesta terça-feira em Florianópolis

spot_img

O Festival Nacional do Conto, único evento dedicado ao gênero na América, ocorrerá pela primeira vez em Florianópolis, entre esta terça-feira, 19, e sábado, 23, no Teatro do Sesc Prainha. A programação, que pode ser consultada abaixo, é gratuita e aberta ao público.

O evento, idealizado pelo escritor Carlos Henrique Schroeder, que assina a curadoria, é uma realização do Sesc e da Design Editora, com apoio da Editora UFSC, e pretende revitalizar o gênero e aquecer o debate. Para isso, aposta na nova geração de escritores brasileiros, também premiada e reconhecida no exterior.

Os nomes confirmados são Luiz Vilela (MG), Ronaldo Bressane (SP), Luci Collin (PR), Marcelo Moutinho (RJ), Antônio Xerxenesky (SP), Leandro Sarmatz (SP), Julián Fuks (SP), Luiz Felipe Leprevost (PR) e Silveira de Souza (SC).

Nas duas primeiras edições do festival, realizadas em Jaraguá do Sul, o evento recebeu os autores Veronica Stigger, Santiago Nazarian, Ivana Arruda Leite, Marcelino Freire, Nelson de Oliveira, Joca Reiners Terron, Daniel Galera, Tony Monti, Marne Guedes, Diogo Henriques, Elvira Vigna, João Anzanello Carrascoza, Paulo Scott, André de Leones, Luís Henrique Pellanda, Ricardo Lísias e Luiz Ruffato.

O Teatro do Sesc Florianópolis Prainha fica na Travessa Syriaco Atherino, 100, Centro.

Programação

Terça-feira

20h – O tremor da terra: abertura oficial com o convidado de honra Luiz Vilela.

Leitura de um conto inédito do livro “Era Aqui”, de contos, a sair pela Editora Record ainda no primeiro semestre deste ano, seguida de um bate-papo com Luiz Vilela. Autor de vários livros de contos, entre os quais “A Cabeça”, Vilela é, inegavelmente, um dos maiores contistas brasileiros de todos os tempos. Escreveu também novelas, como “Bóris e Dóris”, e romances, como “Perdição”, este seu mais recente livro, publicado em 2011 e que recebeu o Prêmio Literário Nacional PEN Clube do Brasil 2012.

20h40min – A estranheza do conto, com Luci Collin

As fronteiras do conto e o espaço que o gênero ocupa na produção de Luci Collin. A curitibana Luci Collin conquistou seu espaço como uma das grandes vozes do conto com “Precioso impreciso”, “Inescritos”, “Vozes num divertimento” e “Acasos pensados”.

A curitibana é pós-doutora em literatura irlandesa pela USP e já traduziu Gary Snyder, Gertrude Stein, E. E. Cummings, Eiléan Ní Chuilleanáin e Jerome Rothenberg, entre outros.

Quarta-feira

20h – A diversidade no conto brasileiro contemporâneo, com Marcelo Moutinho (RJ), Antônio Xerxenesky (SP) e Ronaldo Bressane (SP)

Três contistas absolutamente diferentes numa conversa franca sobre os caminhos da prosa brasileira contemporânea. Autor dos livros de contos “A palavra ausente”, “Somos todos iguais nesta noite” e “Memórias do barco”, o carioca Marcelo Moutinho conversa com o gaúcho radicado em São Paulo, Antônio Xerxenesky, autor de “A página assombrada por fantasmas” e “Areia nos dentes”, e com o paulista Ronaldo Bressane, autor da trilogia de contos A Outra Comédia, composta por “Os infernos possíveis”, “10 presídios de bolso” e “Céu de Lúcifer”. Organizou a coletânea de contos “Esta História Está Diferente”, pela Cia das Letras e é roteirista da novela gráfica V.I.S.H.N.U. (Cia das Letras).

Quinta-feira

20h – Tradição e contemporâneidade, com Leandro Sarmatz e Julián Fuks

Os fantasmas que rondam a escrita e o peso da tradição na produção contemporânea. Gáucho radicado em São Paulo, o descendente de imigrantes judeus Leandro Sarmatz, autor de “Logocausto” e “Uma fome”, debate com o paulista e filho de argentinos Julián Fuks, autor de “Fragmentos de Alberto,Ulisses, Carolina e eu”, “Histórias de literatura e cegueira” e “Procura do romance”.

Sexta-feira

20h – Ecos: uma conversa com Silveira de Souza

Uma homenagem para um dos grandes contistas catarinenses, autor de “Ecos no porão – Volumes I e II”, “Relatos escolhidos” e “Janela de varrer”. A conversa será mediada pelo poeta e diretor da Editora da UFSC, Sérgio Medeiros.

Sábado

20h – Show “Já tive uns ataques, vou ter mais uma síncope” e lançamento do EP homônimo, com Luiz Felipe Leprevost

O curitibano Luiz Felipe Leprevost é poeta, dramaturgo, contista, músico, ator e diretor teatral. É autor do livro/CD “Fôlego”e dos livros “Tornozelos Deitados”, “Cecília Roendo as Unhas”, “Ode Mundana”, “Pífio, monólogos dos psicotrópicos que não fazem mais efeito” e “Inverno dentro dos Tímpanos”.

spot_img
spot_img