23.2 C
fpolis
sábado, abril 13, 2024
Cinesystem

3ª edição do Femic será lançado amanhã (5)

spot_img

3ª edição do Femic será lançado amanhã (5)

spot_imgspot_img

Lançamento do Festival da Música e da Integração Catarinense, edição 2009, será na próxima terça-feira (5), no Teatro Álvaro de Carvalho, com show de Luiz Meira e convidados. Na ocasião, também será apresentado o CD oficial da 2ª edição do Femic. O Festival, cujo objetivo de descobrir e premiar grandes talentos da música de Santa Catarina, ganha uma novidade neste ano: a realização de uma turnê estadual com os finalistas do festival

Um festival para revelar músicos e compositores de Santa Catarina. É esse o conceito do Festival da Música e da Integração Catarinense – Femic – que tem o apoio do Funcultural (Fundo de Incentivo à Cultura), gerido pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte. O Femic é um evento anual que revela talentos em todas as regiões catarinenses e, desde a sua primeira edição, em 2006, tornou-se uma vitrine concorrida para artistas que buscam sair do anonimato e entrar na cena musical estadual. O lançamento da 3ª edição do evento acontece em Florianópolis, no próximo dia 5, no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), às 19h30, onde será divulgado o regulamento de participação no festival e apresentado o CD oficial com as 12 canções que participaram da final do 2º Femic. No mesmo dia, também serão anunciados os valores das premiações do festival.

Para o músico Luiz Meira, idealizador do evento, o festival já se tornou uma importante iniciativa de estímulo ao surgimento de novos talentos em Santa Catarina. “Os grandes nomes da música brasileira ganharam expressão a partir dos festivais populares realizados no passado. O objetivo do Femic é resgatar essa tradição e mostrar a qualidade musical catarinense para o País”, explica. Para o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, o crescente número de inscrições denota a ânsia dos artistas por um festival democrático. “O Festival consolidou-se como uma vitrine para os artistas e com isso Santa Catarina passa a imprimir uma identidade musical no País. O Estado possui uma diversidade cultural enorme que precisa de espaço para crescer”, declara. Nas duas edições anteriores, 5.400 músicas participaram do Femic.

As inscrições estarão abertas a partir do dia 1 de junho e vão até 24 de julho. Em agosto e setembro serão realizadas as etapas regionais – no mínimo 36 – nas cidades onde a Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte possui sede regional. Após isso, ocorrem as seletivas finais previstas para outubro. O cronograma e regras gerais estarão disponíveis a partir do dia 1 de junho no site do Femic – www.femic.com.br.

Diferencial – A organização do Femic prepara um grande diferencial para essa edição. O final do 3º Femic será marcado por uma turnê estadual com os 12 finalistas. O objetivo é percorrer todas as regiões do Estado, com apresentações em todas as cidades sede das etapas regionais do festival, divulgando ainda mais a qualidade do trabalho dos músicos. Assim como nos outros anos, os artistas selecionados participam da gravação do CD oficial do festival.

O lançamento da terceira edição do Femic também será marcado por um show com o músico Luiz Meira e convidados. O músico é o idealizador do projeto. Guitarrista, violonista e produtor musical catarinense, Meira já realizou vários trabalhos com artistas de Santa Catarina e de renome nacional, como Ivan Lins, Toni Garrido, Sá e Guarabira, Luiz Melodia, Sandra de Sá, Dominguinhos e Martinho da Vila. Atualmente, acompanha a cantora Gal Costa em shows pelo Brasil e pelo exterior.

Sobre o Femic

A vencedora do 1º Femic foi a banda Nego Joe, de Itajaí. O grupo recebeu premiação no valor total de R$ 16,5 mil, intepretando Canção da Paz, composição própria com letra pacifista e som dançante, eleita a melhor da primeira edição do Festival da Música e da Integração Catarinense. “O prêmio foi o reconhecimento do nosso trabalho e marcou nossa entrada no cenário musical de forma definitiva”, afirma Nego, o vocalista da banda.

Já na segunda edição do festival a canção vencedora foi “Travesseiro de Estrelas”, composição de Ryana Gabech em parceria com o instrumentista Alegre Corrêa, da regional da Grande Florianópolis. Para ela, que é poeta, o festival representa a diversidade da produção musical atual do Estado, além de ser uma importante vitrine para talentos ainda desconhecidos do público. “O prêmio abriu novas oportunidades para a minha carreira e, principalmente, mostrou os bons frutos que o casamento entre a poesia e a música pode render, por a primeira se preocupar intensamente com as palavras e a segunda com as notas”, disse.

A dupla criciumense José Martins e Lino da Silva, com a moda de viola “Tributo a Tião Carreiro”, conquistou o 2º lugar, e “Jardim das Delícias”, de Gustavo Barreto ficou em 3º lugar. Foram entregues troféus especiais aos destaques da noite, como melhor aclamação popular para Anjo Gabriel, de Jeisson Dias; melhor intérprete para Jean Mafra; melhor arranjo para No Florir das Açucenas, do Grupo Nativista Coração de Potro e melhor instrumentista para Jorge Nando, por Catando Estrelas.

SERVIÇO

O quê: Lançamento da 3ª edição do Femic

Quando: terça-feira, dia 5 de maio

Horário: às 19h30

Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC)

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img