15.5 C
fpolis
terça-feira, agosto 16, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

3º Mostra de Cinema Africano segue até amanhã no Centro de Artes da Udesc

spot_imgspot_img

3º Mostra de Cinema Africano segue até amanhã no Centro de Artes da Udesc

spot_imgspot_img

Já em sua terceira edição, a mostra Malembe Malembe – cinema africano em debate este ano discute o tema Do tabu à representação: corpo e sexualidade feminina nos cinemas negro-aficanos e do magreb. O evento é um minicurso de cinco dias, 1º a 5 de dezembro, com exibição de filmes contextualizados pelo ministrante Mahomed Bamba, professor da UBA em Salvador e natural da Costa do Marfim.

“O projeto foi uma iniciativa do estudante angolano Tiago Bassika Nzovo que logo encontrou o apoio de professores africanistas das universidades e de pesquisadores filiados a núcleos de pesquisa sobre África em Florianópolis”, explica a professora, do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV) do Centro de Artes da UDESC, Celia Antonacci. Esta edição conta com o apoio do projeto “Poéticas do Urbano”, coordenado pela professora, e do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, do Centro de Ciências Humanas e da Educação (FAED), coordenado pelo professor Paulino de Jesus Cardoso.

“Malembe Malembe” é uma expressão da língua Nfiote, falada por pessoas da etnia Bantu (província de Cabinda, norte de Angola) e significa “devagar e sempre se vai ao longe”. É assim, com pequenos passos, que o projeto procura contribuir para o processo de implementação da Lei 10639/2003, que torna obrigatório o ensino da cultura e da arte afrodescendente e africana nas universidades, escolas de ensino básico e médio do país. Outro objetivo é, através do cinema, incentivar as pesquisas sobre arte, política e culturas africanas.

Os filmes exibidos fazem parte de uma seleção de documentários e ficção cedidos pela Aliança Francesa, com sede no Rio de Janeiro, e pela Casa das Áfricas, em São Paulo. As produções são fontes de conhecimento da política, da economia, da cultura, da arte e da sociedade africana atual.

A inscrição para o evento é gratuita, porém obrigatória, e pode ser feita através do site. Será fornecido certificado de 40 horas aos participantes que se inscreverem e tiverem freqüência mínima de 70% nas atividades. O minicurso acontece de 1º a 5 de dezembro, das 13h30 às 22h, no auditório do Bloco Amarelo do CEART. Confira a programação completa no site: www.malembemalembe.ceart.udesc.br

Serviço

O quê: mostra e minicurso Malembe Malembe – cinema africano em debate
Quando: 1º a 5 de dezembro, das 13h30 às 22h
Onde: Auditório do Bloco Amarelo do CEART
Evento gratuito com inscrição obrigatória pelo site: www.malembemalembe.ceart.udesc.br

spot_img

Leia mais