13.9 C
fpolis
terça-feira, maio 24, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Área da Beira Mar de São José é avaliada para receber construção de hangar

spot_img

Área da Beira Mar de São José é avaliada para receber construção de hangar

spot_imgspot_img

Nesta terça feira (13), técnicos do Saer – Serviço Aeropolicial da Polícia Civil estarão juntamente com o Secretário de Segurança, Defesa Social e Trânsito, Sanderson de Jesus na Avenida Beira Mar de São José. O objetivo do encontro é verificar a viabilidade do local receber a construção de um hangar, um abrigo fechado para aeronaves e uma pista de pouso. O Delegado Piloto Coordenador do Serviço Aéreo Policial Djalma Alcântara da Silva entregou o ofício ao Secretário Sanderson, onde propõe uma parceria entre a Prefeitura Municipal de São José e o Saer. A prefeitura disponibilizaria a área, e a construção do hangar seria realizada com recursos da Polícia Civil.

A Beira Mar de São José foi escolhida por suas características físicas e localização. O hangar também traria mais segurança para o local, que já conta com uma base da Polícia Militar e outra da Guarda Municipal, além de três câmeras de monitoramento. Para o Secretário de Segurança, Sanderson de Jesus a construção do hangar em São José seria referência no estado. E salientou a importância da integração dos órgãos e forças policiais. “É papel da Secretaria de Segurança a gestão da segurança no município, porém é essencial o trabalho em conjunto com outras secretarias e com as polícias.” Sanderson citou projetos como São José Iluminada e Mais Segura, que diminuiu consideravelmente a criminalidade, com a intensificação da iluminação. E também a instalação das câmeras de monitoramento, parceria da Prefeitura Municipal com a Polícia Militar e Governo do Estado. “Sem dúvidas a construção do hangar seria mais uma ferramenta para trazer mais segurança para São José e toda região metropolitana.”

O Serviço Aeropolicial da Polícia Civil de SC foi criado em 2003 e opera 24 horas. Até a metade deste ano, o Saer já realizou 3.627 missões, somando 2.991 horas de vôo. Cada tripulação é formada por um comandante (piloto), co-piloto e dois tripulantes. Os trabalhos realizados pelo Saer vão desde o combate a criminalidade, atendimento a vitimas de desastres, acidentes, afogamentos, e até mesmo o auxilio no transporte de órgãos para transplantes.

Ano passado o Saer foi premiado com a “Medalha do Mérito Aeronáutico de Segurança Pública”. A medalha foi uma homenagem ao Saer de Santa Catarina pelos serviços prestados durante as enchentes que assolaram diversas cidades catarinenses, principalmente na região do Vale do Itajaí, em novembro de 2008.

Fotos: Divulgação.

spot_img