18.9 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 2, 2021
cinesytem

Arquiteto do Uruguai é o vencedor do concurso de reurbanização do Centro de Florianópolis

spot_imgspot_img

Arquiteto do Uruguai é o vencedor do concurso de reurbanização do Centro de Florianópolis

spot_img

Projeto de Hector Vigliecca contempla estacionamento subterrâneo e shopping popular

O uruguaio Hector Vigliecca, que mora em São Paulo, é o vencedor do concurso público que selecionou o projeto que fará a nova urbanização da área central de Florianópolis. A capital catarinense ganhará um novo layout no largo do Mercado Público.

Entre as exigências do edital, Vigliecca, que vai receber R$ 35 mil de prêmio, cumpriu com os quesitos de estacionamento subterrâneo para 400 veículos, shopping popular com 158 lojas para substituir o Camelódromo, áreas de lazer, quiosques, bancos, iluminação e telefones públicos.

De acordo com a prefeitura de Florianópolis, a execução do projeto está orçada em R$ 25 milhões.

Em segundo lugar ficou o gaúcho Henrique Hugo Brena, que mora em Florianópolis. Ele é o responsável pelo projeto do Terminal Rodoviário Rita Maria, também no Centro da Capital. Em terceiro, ficou o gaúcho Leonardo Mader, que mora em Porto Alegre.

O resultado do Concurso Público Nacional de Anteprojetos e Urbanismo para a Requalificação do Largo do Mercado Público de Florianópolis saiu por volta das 17h30min desta segunda-feira. Os envelopes foram abertos pelo vice-prefeito, João Batista Nunes.

Segundo a prefeitura, de 27 inscritos, somente 15 apresentaram o projeto. A previsão para conclusão das obras está prevista para o final do ano.

Novo projeto de urbanização do Centro de Florianópolis

— Quando o trabalho começa: em quatro meses
— Características do projeto: destacar as fachadas do casario histórico do Centro, revitalizar a antiga muralha, escondida pelo aterro, que fazia limite com o mar e criar um sistema autônomo para o lençol freático
— Mudanças obrigatórias previstas no edital: um estacionamento subterrâneo para 400 veículos, um shopping popular com 158 lojas para substituir o Camelódromo, áreas de lazer, quiosques, bancos, iluminação e telefones públicos
— Previsão para conclusão: dois anos
— Valor da obra: R$ 25 milhões
— Outro projetos desenvolvidos em SC: primeiro projeto da Cidade Universitária Pedra Branca, em Palhoça; Piscina da Unisul, em Palhoça

spot_img
spot_img