23 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Atividades do Espaço Recicle de Coqueiros encerram nesta quarta-feira

spot_img

Atividades do Espaço Recicle de Coqueiros encerram nesta quarta-feira

spot_img

Resgate de pontos do Cartão Novociclo e entrega de materiais podem ser feitos até a data de fechamento no local ou até 180 dias após no Espaço Recicle da Pedra Branca.

O Espaço Recicle de Coqueiros, localizado na região continental de Florianópolis (SC), encerra suas atividades no próximo dia 30 de novembro. A retirada do espaço destinado à reciclagem e educação ambiental se deve ao fim do convênio firmado com a Prefeitura de Florianópolis, através da Secretaria Municipal do Continente, e a Companhia de Melhoramentos da Capital (COMCAP).

Cerca de 7 mil pessoas moradoras do bairro de Coqueiros e de outras regiões do município utilizam o local diariamente para entregar seus materiais recicláveis. A entrega pode ser realizada normalmente até o final deste mês, bem como os moradores que possuem o cartão Novociclo devem resgatar seus pontos direto no Espaço Recicle de Coqueiros até a data de fechamento do local (30 de novembro). Depois, os usuários têm mais 180 para fazer o resgate da pontuação no Espaço Recicle Pedra Branca, em Palhoça, para onde podem continuar levando seus resíduos.
Ao se cadastrar como participante do Espaço Recicle, as pessoas recebem um cartão para acumular pontos, que são gerados de acordo com a quantidade de materiais recicláveis encaminhados corretamente. A pontuação acumulada pode ser trocada por materiais produzidos por artesãos locais ou por produtos biodegradáveis.

A necessidade de retirar o Espaço Recicle do Parque de Coqueiros foi informada por meio de um ofício emitido pela Secretaria do Continente, em 10 de agosto de 2011. No documento, indicava que o prazo do convênio encerraria em fevereiro de 2012 e não seria renovado.

Entenda o Espaço Recicle de Coqueiros:

O projeto de inovação social Espaço Recicle é resultado de um convênio de cooperação técnica e institucional firmado entre a Prefeitura Municipal de Florianópolis, através da Secretaria Municipal do Continente, Companhia de Melhoramentos da Capital (Comcap) e a Novociclo Ambiental S.A. Iniciou suas atividades em 23 de março de 2010. Nesses 19 meses, foram encaminhadas corretamente mais de 200 toneladas de resíduos.

O espaço foi concebido como um projeto social, afim de conscientizar a população sobre a importância de encaminhar corretamente os resíduos e modificar hábitos de consumo, para a disseminação do Conceito Lixo Zero, que prevê o máximo reaproveitamento de resíduos que antes eram levados para o aterro sanitário. A operação do espaço é garantida pelo trabalho direto de 07 pessoas (todas com carteira assinada) – algumas são ex-catadores -, que atuam desde a recepção dos produtos, até a logística e realização de campanhas e materiais de conscientização.

A área onde está localizado foi cedida pelos órgãos públicos, dentro do convênio firmado, ao passo que a operação e manutenção do local é operacionalizada e custeada pela empresa de gestão de resíduos sólidos. Por mês, a Novociclo Ambiental emprega recursos próprios para manter o projeto. Os resíduos entregues pela população, limpos e separados, são revendidos para empresas parceiras e representam em média 15% do valor utilizado para manter operação do local, folhas de pagamento, compra de produtos que servem como recompensa para troca de pontos dos usuários e logística dos materiais.

A ação coletiva desta parceria do poder público, iniciativa privada e comunidade, tornou o bairro Coqueiros uma referência mundial. O Espaço Recicle foi apresentado como modelo a ser seguido em eventos internacionais no Equador, Estados Unidos, Canadá, México, Suécia, Bélgica, Inglaterra, França, Itália, Filipinas, Bahrein, entre outros. O local serve como exemplo de engajamento social, passível de ser replicado em vários lugares. Hoje, o projeto Espaço Recicle já está implantado em outras regiões do estado, como na Cidade Pedra Branca, no município de Palhoça, e já é solicitado por mais de 85 municípios em todo o país onde poderá ser adotado por empresas e/ou prefeituras interessadas. Também existe solicitação de outros países interessados implantar o modelo, como a Venezuela, por exemplo.

spot_img
spot_img