23.8 C
fpolis
sábado, dezembro 4, 2021
cinesytem

Cidade Pedra Branca, na Grande Florianópolis, é o primeiro bairro sustentável em construção na América Latina

spot_imgspot_img

Cidade Pedra Branca, na Grande Florianópolis, é o primeiro bairro sustentável em construção na América Latina

spot_img

A Cidade Sustentável Pedra Branca é um dos destaques dos projetos brasileiros que estão sendo apresentados na XIII Bienal Internacional de Arquitetura até 30 de outubro no Centro Cultural da Recoleta, em Buenos Aires. Promovida pelo Centro de Arte y Comunicación (CAYC), a exposição reúne mais de 500 obras de todo o mundo. A Bienal de Buenos Aires é considerada uma das três mais importantes mostras internacionais de arquitetura, ao lado das Bienais de Arquitetura de Veneza e São Paulo, e atrai público de toda a América Latina. Além das exposições são realizados ciclos de conferências com os mais renomados arquitetos internacionais.

O Brasil está representado no evento por duas exposições. Uma sobre arquitetos paulistas, com curadoria de Fábio Magalhães e pela mostra arquitetura para a cultura + desenvolvimento urbano sustentável, que teve a curadoria de Vicente Wissenbach. A mostra de urbanismo sustentável se concentra em três importantes projetos de Santa Catarina: O Jardim Botânico de Florianópolis, o projeto Vita e Ócio, para o desenvolvimento do litoral Catarinense, e a Cidade Pedra Branca.

“O projeto da Pedra Branca mereceu um destaque especial por ser o primeiro bairro sustentável em construção na América Latina”, explica o curador Wissenbach. “Apresentamos a evolução do empreendimento de 2007 a 2012, quando as primeiras quadras estarão construídas e entrará em funcionamento o Open Shopping”, complementa. O empreendimento localizado na Grande Florianópolis recebeu o prêmio urbanismo na XI Bienal, realizada em 2007.

Sobre o ‘bairro-cidade’ – Referência para o mercado nacional em Urbanismo Sustentável e o único projeto na América Latina nestes padrões, a Pedra Branca foge do conceito dos condomínios fechados. O uso misto é a essência do Urbanismo Sustentável e na Pedra Branca a proposta é justamente de que os moradores tenham uma cidade aos seus pés, integrando em um mesmo local lojas, empresas, mercados, farmácias, bancos, residências. Completado apenas um ano do início do novo centro de bairro já foram lançados e comercializados 11 novos edifícios – nos próximos dez anos o empreendimento deve abrigar cerca de 30 mil moradores.

Estão engajados no projeto importantes escritórios de arquitetura e urbanismo, com a participação de consultores do exterior. O empreendimento conta ainda com a parceria da ESPB, empresa imobiliária do Grupo Espírito Santo, um dos principais grupos econômicos de Portugal. A Pedra Branca foi o único projeto da América do Sul selecionado pela fundação do ex-presidente americano Bill Clinton para integrar o Programa do Clima Positivo. Mais informações: www.cidadepedrabranca.com.br.

spot_img
spot_img