17.9 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 8, 2021
cinesytem

Cláudia Passos apresenta “Tem piano no samba” no Projeto 12:30 da UFSC

spot_imgspot_img

Cláudia Passos apresenta “Tem piano no samba” no Projeto 12:30 da UFSC

spot_img

O Projeto 12:30 recebe o trio formado por Cláudia Passos, Rafael Tomazoni e Alexandre Damaria, que apresentará o projeto “Tem Piano no Samba” nesta quarta-feira, 14/09, às 12h30, na Concha Acústica. O espetáculo é gratuito e aberto à comunidade.

“Tem Piano no Samba” é um projeto que pretende passear pelo repertório deste que é um dos mais genuínos gêneros brasileiros. Os sambas de hoje e de ontem serão revisitados numa formação não tão convencional e tradicional . De Geraldo Pereira a Lula Queiroga; de Ismael Silva a Chico Saraiva e Mauro Aguiar passando por Adriana Calcanhoto. O samba canção. O samba intimista. O afro-samba. Uma viagem com os grandes compositores de ontem e de hoje que se renderam ao ritmo que rompeu fronteiras e que ajudou a consolidar o reconhecimento da música brasileira em outras paisagens.

Os músicos:

Cláudia Passos (voz): A música sempre foi uma constante na vida dessa carioca. Seu interesse por cantar começou ainda criança, quando tentava acompanhar as melodias dos LPs que suas irmãs ouviam. Tropicália, Novos Baianos, Chico Buarque, Beatles. Mais tarde, Elis Regina, uma grande influência.

Durante a Faculdade de Jornalismo, começou a trabalhar com cinema, na área de montagem e continuidade, o que fez com que se afastasse da música durante um tempo. Cláudia mudou-se para Florianópolis, onde foi retomando sua vida musical aos poucos. Em 1995, voltou aestudar canto e piano erudito. Em 1998, gravou no Rio de Janeiro uma música inédita, especialmente feita para ela no CD independente do compositor Ricardo Karam, com a participação de André Moraes na guitarra e Denner Campolina no contrabaixo. Em julho desse mesmo ano, Cláudia se apresentou no Rock in Rio Café, na Barra da Tijuca, cantando “Como um Ácido”, música que deu nome ao Pocket Show Acústico que realizou durante o ano de 1999.

O show foi apresentado em diversos bares e eventos de Florianópolis, incluindo o Mercado Mundo Mix. No repertório, releituras de MPB e POP de compositores como Gilberto Gil, Novos Baianos, Cazuza, Renato Russo, Luis Melodia e também músicas inéditas. Em 2000,
ingressou na Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) para cursar Música. Nesta mesma época, Cláudia forma o trio com o pianista Luiz Gustavo Zago (piano/teclados) e Mateus Costa (Contrabaixo Acústico) onde começa um trabalho de releituras de arranjo e interpretação de canções das décadas de 50/60/70 que mais tarde apresenta no teatro do SESC com o nome da “Nada será como antes”.
Cláudia Passos já se apresentou ou gravou com diversos músicos do cenário carioca e catarinense; dentre eles Guinha Ramirez, Leonardo Garcia, Carlos Junior, Ubrother, Ryan, Rodrigo Paiva, Leandro fortes, André Moraes, Denner Campolina, Ely Joory dentre outros.

Atualmente, Cláudia vem se dedicando a um projeto que pretende contar a história da música popular brasileira desde o início do século através das canções que marcaram época. Paralelamente, dedica-se à criteriosa seleção do repertório de se primeiro CD, já aprovado e em fase de captação.

Rafael Tomazoni (teclados): O pianista teve seu primeiro contato com o instrumento no ano de 1996. A partir desse período passou pela orientação de diversos professores na cidade de Florianópolis. Graduou-se em bacharelado em piano pela UDESC (Universidade do Estadode Santa Catarina) durante os anos de 2003 à 2008, onde estudou obras do repertório erudito para piano solo e música de câmara, participando de cursos com professores de renome e recitais promovidos pela universidade. Também estudou jazz e música popularbrasileira, participando de cursos com pianistas de destaque no cenário nacional como André Mehmari, Fábio Torres e Leandro Braga.

Atualmente Rafael Tomazoni é mestrando em musicologia/etnomusicologia pela UDESC, leciona piano e atua como pianista em recitais e eventos em geral e bares. Além de se apresentar como pianista solo, Rafael Tomazoni integra a Banda El Combo (salsa), Quarteto de Jazz, eatualmente também dedica-se ao recente trabalho com a cantora Cláudia Passos intitulado “Tem Piano no Samba”, onde tem a oportunidade de desenvolver seu potencial pianístico em novos arranjos e novas roupagens para sambas antigos e atuais.
Alexandre Damaria (percussão)

Projeto 12:30
O Projeto 12:30 é realizado pelo Departamento Artístico Cultural (DAC), vinculado à Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e apresenta semanalmente atrações de cunho cultural de música, dança e teatro. As apresentações acontecem todas às quartas-feiras, ao ar
livre, na Concha Acústica, e, quinzenalmente, às quintas-feiras, no Projeto 12:30 Acústico, no Teatro da UFSC.
Artistas e grupos interessados em se apresentar no projeto dentro do campus da UFSC devem entrar em contato com o DAC através dos telefones (48) 3721-9348 / 3721-9447 ou por e-mail, enviando mensagem para .
SERVIÇO:
O QUÊ: Apresentação de “Tem Piano no Samba” com Cláudia Passos, Rafael Tomazoni e
Alexandre Damaria.
QUANDO: Dia 19 de outubro, quarta-feira, às 12h30
ONDE: Projeto 12:30 na Concha Acústica da UFSC, Praça da Cidadania, Campus Universitário, Florianópolis-SC.
QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade.
CONTATO: Cláudia Passos – , (48) 9163-7577 e (48) 9967-4772; Rafael Tomazoni – , (48) 9903-8686; Gabriela Flor – , (48) 8405-4128 – Visite www.dac.ufsc.br

spot_img
spot_img