27.1 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Crediário facilitado e estabilidade econômica impulsionaram a movimentação no comércio catarinense

spot_img

Crediário facilitado e estabilidade econômica impulsionaram a movimentação no comércio catarinense

spot_img

O volume de consultas ao banco de dados do Serviço de Proteção ao Crédito de Santa Catarina (SPC/SC) em agosto aumentou 4,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O número divulgado pela Federação das CDLs (FCDL SC) reflete as intenções de compras a prazo, motivadas principalmente pelo Dia dos Pais. Segundo Sergio Medeiros, presidente da entidade, o resultado das vendas foi considerado positivo pelos lojistas. “O crediário fácil e a estabilidade da economia contribuíram para que o consumidor fosse às compras”, destaca.

Se o consumo cresceu, a inadimplência entre os catarinenses também teve uma leve alta, passou de 2,31% em julho para 2,86% em agosto. Medeiros afirma que o crescimento não preocupa. “É um aumento que não chama a atenção. Em outros estados a inadimplência está bem maior. Por isso, consideramos esse um índice aceitável, causado em grande parte pelo desaquecimento do emprego”, evidencia.

Redução de juros – Ao avaliar a decisão do Conselho de Política Monetária (Copom) de reduzir a Selic em 0,50 ponto percentual, para 12%, o presidente de FCDL/SC afirmou que a medida pode ajudar o Brasil a enfrentar a crise dos países desenvolvidos. “Em 2008, antes da crise dos Estados Unidos, o governo brasileiro subiu muito os juros e isso causou danos ao mercado interno. Agora, que vivemos um momento de preparação para uma nova turbulência econômica mundial nada melhor do que reduzir os juros” enfatiza o dirigente lojista.

spot_img
spot_img

Leia mais