23.1 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Mais de 36 mil jovens catarinenses participaram dos cursos de empreendedorismo da Junior Achievement em 2011

spot_img

Mais de 36 mil jovens catarinenses participaram dos cursos de empreendedorismo da Junior Achievement em 2011

spot_img

Entidade sem fins econômicos comemora resultado, traça planos para 2012 e elege novos conselheiros

A Junior Achievement Santa Catarina comemorou nesta quinta-feira (20/10), durante a reunião do conselho consultivo, os resultados das atividades realizadas pela entidade no estado e traçou os planos para 2012, ano em comemora uma década e meia de atuação. Neste ano, mais de 36.900 jovens catarinenses participaram dos cursos de educação empreendedora realizados pela Junior e 937 voluntários de empresas mantenedoras foram envolvidos nos programas. Evandro Badin, diretor executivo da Junior Achievement em SC, ressalta que os resultados superaram as metas estabelecidas para 2011.

Os desafios para o ano que vem são ainda maiores. A entidade pretende beneficiar 40 mil jovens em Santa Catarina. Para atingir a meta, dois novos conselheiros foram eleitos para ajudar na tarefa. Ivo Hering, presidente do conselho de administração da Hering, e Sérgio Arruda, diretor regional do SENAI-SC, assumem, respectivamente, o conselho consultivo e o conselho diretor da entidade. Eles substituem João Nilson Zunino, presidente do Laboratório Santa Luzia, e Octávio Lebarbenchon Neto, diretor de Gestão e Marketing da Unimed Grande Florianópolis.

A Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em economia e negócios, envolvendo mais de 9 milhões de jovens por ano em 123 países. Criada em 1919, esta organização sem fins econômicos tem como missão inspirar jovens a empreender, despertando nos alunos do ensino fundamental, médio e universitário, de instituições públicas e particulares, o espírito empreendedor. Presente em Santa Catarina desde 1997, já beneficiou mais de 150 mil jovens no estado. A entidade é mantida e administrada por empresas privadas que apoiam com recursos financeiros, bem como cedendo voluntariamente executivos que possam transferir suas experiências, implantando e acompanhando os programas nas escolas.

spot_img
spot_img