28 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Mais de mil pessoas estiveram presentes nos oito dias do 13º Catavídeo

spot_img

Mais de mil pessoas estiveram presentes nos oito dias do 13º Catavídeo

spot_img

O evento começou dia 5 de novembro em Florianópolis, com a presença do cineasta José Mojica Marins, o Zé do Caixão, e foi encerrado na noite deste sábado. Com sessões de filmes em duas salas pequenas, com capacidade para apenas 50 pessoas cada uma, na Fundação Cultural Badesc e no Cine Ieda Beck (Instituto Arco-Íris), o festival atraiu um público interessado em conhecer a recente produção audiovisual do Estado, e promoveu o intercâmbio de catarinenses que produzem em Santa Catarina e em outros Estados.

Na edição deste ano, ocorreu uma ampliação de abordagem de todos os gêneros, como curtas experimentais, vídeo-arte, erótico, suspense, terror, humor, ação, campanha, sexo, infantil, videoclipe e religião. Houve uma grande procura do público pelos filmes trash, exibidos na Sessões Malditas realizadas no Instituto Arco-Íris, que esse ano homenageou produtores catarinenses como Petter Baiestorf, Gurcius Gewdner e Saulo Popov.

No encerramento, na noite de sábado, dia 12 de novembro, na Fundação Cultural Badesc, foi anunciado o projeto vencedor do Pitching da 1ª Oficina de Introdução à Prática Audiovisual: do desenvolvimento à produção, promovida pelo Fundo Municipal de Cinema (Funcine) e a produtora Novelo Filmes. A proposta de filme O Gato, de Christiano de Almeida Scheiner, Juliana Bassetti e Neca Gamarra foi o projeto vencedor e agora a equipe vai rodar o curta. O roteiro é um suspense psicológico.

Na noite de desfecho do CATAVÍDEO também houve o sorteio de um tablet entre os diretores dos filmes participantes da edição deste ano. O premiado foi Marco Stroich, que inscreveu na 13ª edição o curta Memórias de Passagem. E foi divulgada a lista dos filmes mais votados pelo público a cada sessão na FCBadesc. Confira a lista abaixo.

O CATAVÍDEO é uma realização da Alquimídia.org e do Fundo Municipal de Cinema, em parceria com a Cinemateca Catarinense, Fundação Cultural Badesc e SESC Santa Catarina. A produção do evento é assinada pela Exato Segundo Produções Artísticas e tem o apoio da Vantuta Serviços e Impressão, Fundação Franklin Cascaes, site GuiaFloripa, site CineCultFloripa. Site SARCASTiCOcomBR, Museu da Imagem e do Som (MIS), Cineclube Ieda Beck, Travessa Cultural e Grupo de Teatro Armação.

MAIS VOTADOS PELO PÚBLICO

6 DE NOVEMBRO – DOMINGO

16h

Memórias e Harmonias da Banda da Lapa (Daniel Choma e Tati Costa)

|Fpolis|46’|Doc.|2011|Livre|

19h

Cerveja Falada (Demétrio Panarotto, Guto Lima e Luiz Henrique Cudo)

|Canoinhas|15’|Doc.|2010|Livre|

8 DE NOVEMBRO – TERÇA-FEIRA

Histórias da Memória na Casa dos Noventões (Marcelo Marques de Melo)

|Fpolis e São José|30’|Doc.|2009|Livre|

9 DE NOVEMBRO – QUARTA-FEIRA

19h

Cupim (Ademir Damasco)

|Fpolis|42’|Doc.|2011|Livre|

10 DE NOVEMBRO – QUINTA-FEIRA

19h

Coração de Eli (Kátia Klock)

|Fpolis|48’|Doc.|2011|Livre|

11 DE NOVEMBRO – SEXTA-FEIRA

19h

|Joaçaba|10’| Doc.|2011|Livre|

Mais ou Menos (Alexander Antunes Siqueira)

|Fpolis|14’|Ficção|2010|14 anos|

22h

O Balanço Bruxólico (João Pedro Agnoletto Cardoso e Aurino Manoel do Santos Neto)

|Fpolis|12’|Animação|2008|Livre|

Manoela (Luciano Rocha Pereira)

|Fpolis|2’|Animação|2011|16 anos|

12 DE NOVEMBRO – SÁBADO

19h

Fado (Radek Piskorski)

|Fpolis|33’|Ficção|2010|Livre

spot_img
spot_img