23 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Percepção do mundo é tema de palestra na Livrarias Catarinense

spot_img

Percepção do mundo é tema de palestra na Livrarias Catarinense

spot_img

Filósofo clínico Bruno Packter discorre sobre como as pessoas lidam com o ambiente no qual estão inseridas em palestra na Capital

Na próxima quinta-feira, dia 15 de setembro, às 19h30, o filósofo clínico Bruno Packter ministrará a palestra Filosofia Clínica e o que fazemos no mundo, na Livrarias Catarinense no Beiramar Shopping, em Florianópolis. O evento promoverá uma discussão entre o palestrante e seus espectadores, abordando as diferentes formas como o ser humano lida com o ambiente onde vive, além de analisar como o meio pode ou não influenciar a conduta pessoal de cada um.

“Não é raro encontrar autores que digam que o homem é fruto do meio ou que o meio desenvolve o homem, porém alguns indivíduos definitivamente não correspondem a estas afirmações. Prova disso são as pessoas criadas em orfanatos, mas que nem por isso culpam o mundo por tudo o que não dá certo em suas vidas. Outro indício são as pessoas criadas no ambiente familiar, com todo amor, carinho e educação mas que se desvirtuam ao longo da vida”, explica Bruno Packter.

Existem diferentes perfis que retratam a maneira como as pessoas lidam com a sociedade na qual estão inseridas. Algumas têm como ponto de partida dados abstratos, pensam no ambiente onde vivem, mas não se sentem integradas a ele. Outras têm uma leitura engessada sobre a vida, baseada em verdades subjetivas que acabam por criar percepções negativas. “Esse grupo de indivíduos tem em comum a característica de achar que o mundo é um lugar intempestivo, onde o homem é o lobo do próprio homem”, comenta o filósofo.

Bruno Packter explica que na Filosofia Clínica, o partilhante (termo que denomina o paciente que busca tratamento junto ao filósofo clínico) é analisado com base nos sentimentos que o mesmo absorve do mundo. “Há casos onde as pessoas guardam os sentimentos ruins, como dores, mágoas e traumas. Outras, mais ‘românticas’, guardam apenas os momentos felizes, de alegria”, finaliza.

Por que fazer terapia com um filósofo clínico?

O filósofo clínico tem estudos em lógica e realiza aprofundamentos em áreas como estruturalismo, aprendendo a relacionar elementos que, a primeira vista, podem parecer dispersos no universo do paciente.

Quando existe um conflito dentro do indivíduo entre a razão e emoção, é o profissional da Filosofia Clínica o detentor dos instrumentos mais eficazes para refletir e diagnosticar cada caso individualmente, se baseando na historicidade do paciente e não em teorias do conhecimento prévias.

Sobre o Palestrante

Bruno Packter é graduado em Filosofia pela UNISUL, em Florianópolis, e pós-graduado em Filosofia Clínica pelo Instituto Packter, de Porto Alegre.

Professor do curso de graduação à distância em Filosofia pelo Instituto Packter, também ministra o curso de pós-graduação presencial em Filosofia Clínica nas cidades de Florianópolis, Blumenau, Brusque e Tubarão.

Sobre o evento

A palestra Filosofia Clínica e o que fazemos no mundo, do palestrante Bruno Packter, será realizada na próxima quinta-feira, dia 15 de setembro, às 19h30, na Livrarias Catarinense no Beiramar Shopping, Rua Bocaiúva, nº 2468, piso Joaquina, em Florianópolis. A entrada é gratuita. Mais informações pelo telefone (48) 3271.6030.

spot_img
spot_img