25.2 C
fpolis
terça-feira, outubro 26, 2021
cinesytem

Praia de Jurerê recebe mais uma vez a Bandeira Azul

spot_img

Praia de Jurerê recebe mais uma vez a Bandeira Azul

spot_img

Pelo segundo ano consecutivo, a Praia de Jurerê está de acordo com todos os requisitos do cobiçado certificado “Bandeira Azul”

A praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis, recebeu na manhã desta quarta-feira pelo segundo ano consecutivo o selo ecológico Bandeira Azul. “Jurerê Internacional foi o pioneiro, mas este ano outros dois locais na América Latina também receberam o selo. Foram elas a Praia do Tombo no Guarujá e a Marina Meliá em Angra dos Reis ”, falou o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano – José Carlos Rauen.

Distinção atribuída pela FEE – Fundação para a Educação Ambiental a praias e marinas, Jurerê Internacional cumpriu um conjunto de quesitos exigidos entre eles a qualidade da água, conservação do meio-ambiente local, acessibilidade a faixa de areia, segurança, serviços e infra-estrutura de apoio.

A garantia ao selo teve uma ação conjunta da Associação de Moradores de Jurerê Internacional, da ACIF, da CDL e Prefeitura Municipal. “O prefeito Dário Berger foi o principal incentivador do processo. Fomos capitaneados por ele”, acrescentou Rauen.

Os critérios exigidos para atribuição da Bandeira Azul evoluem de um ano para o outro, mas quatro praias, todas localizadas ao norte da Ilha de Santa Catarina, possuem características para futuramente receber o selo. São elas: Lagoinha da Cahoeira do Bom Jesus, Praia Mole, Santinho e Praia Brava.

A implantação do programa Bandeira Azul ocorre no Brasil por meio do Instituto Ambiental Ratones – IAC desde 2006 mas começou na França em 1985 e implementado em toda a Europa desde 1987. Portugal é o país que mais ostenta o selo.

spot_img
spot_img