19.4 C
fpolis
sábado, outubro 16, 2021
cinesytem

Região Continental ganha o primeiro equipamento medidor de raios ultravioletas

spot_img

Região Continental ganha o primeiro equipamento medidor de raios ultravioletas

spot_img

Projeto dos totens medidores de raios ultravioletas chamados Ozon-in foi lançado neste domingo no Parque de Coqueiros.

O Ozon-in é uma inovadora e importante ferramenta de informação sobre a radiação solar e os cuidados que se deve ter em relação à excessiva exposição ao sol.

Torna visível ao ser humano, na forma de número e de escala gradual, a intensidade dos raios solares ultravioletas. Radiação esta, responsável pelas queimaduras solares, pelo envelhecimento precoce da pele e um dos principais causadores do câncer de pele.

De acordo com o Secretário Executivo de Serviços Públicos, Salomão Mattos Sobrinho, a implantação destes equipamentos significa um alerta para os perigos causados pelo sol. “Toda esta tecnologia é muito bem vinda. Esta é uma parceria que coloca a saúde da população em primeiro lugar”, destacou.

O professor da Universidade Federal de Santa Catarina, Fernando Oscar Ruttkay Pereira, idealizador do projeto lembra que o equipamento atende as regras da OMS (Organização Mundial de Saúde) e já é destaque nacional e internacional. “Todos os dados estão sendo armazenados para que seja desenvolvido um estudo de como se comporta a radiação em Florianópolis”, acrescenta.

O gerente de marketing e negócios da Spherical Networks, Márcio Dalcin, lembra que o projeto começou a ser divulgado a partir da “1ª Mostra Tecnológica para a Capital da Inovação”, um evento promovido pela ACATE (Associação Catarinense das Empresas de Tecnologia) e pela SMCTDES (Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento econômico sustentável) contando ainda com o apoio da SMS (Secretaria Municipal da Saúde) e com a SESP (Secretaria Executiva de Serviços Públicos). “São iniciativas como esta que colaboram para levar o conceito de Florianópolis como a capital com melhor qualidade de vida e também a capital da inovação tecnológica”, destacou.

spot_img
spot_img