18.6 C
fpolis
segunda-feira, agosto 15, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Rodrigo de Haro dá início à montagem de mosaico `A Festa`

spot_imgspot_img

Rodrigo de Haro dá início à montagem de mosaico `A Festa`

spot_imgspot_img

A data para o início da obra será dia 22/10 (sexta-feira) às 8h.

A manhã de sexta-feira será inusitada para quem passar pela Av. Hercílio Luz, onde está localizada a sede do Clube Doze de Agosto. Guindastes elevam o artista Rodrigo de Haro a mais de 15 metros de altura para dar início ao primeiro dia de montagem da sua mais nova obra, intitulada A FESTA.

A FESTA é um mosaico de 3,8 metros de largura por 17 metros de comprimento que estampará a parede externa do tradicional clube da cidade. Em estilo bizantino, o mosaico traz influências da concepção veneziana e espanhola, baseada nos trabalhos do arquiteto catalão Antônio Gaudí, presentes principalmente no Parque Güell, em Barcelona. A cerâmica a ser utilizada terá o predomínio das cores branco e vermelho, com os dizeres na faixa de fundo: “Clube Doze de Agosto” e “Fundado em 1872”.

A obra faz parte de um projeto de revitalização da memória social e das artes plásticas catarinense e do processo de tombamento do edifício do Clube Doze.

O artista

Rodrigo de Haro (Paris, 1939) é um poeta, intelectual, pensador, mosaicista e artista plástico brasileiro multifacetado. Filho do grande pintor catarinense Martinho de Haro, Rodrigo nasceu em Paris e logo mudou-se para o Brasil. Apresenta vasta produção em pintura em óleo sobre tela e cerâmica, com trabalhos espalhados em vários países, sendo considerado um dos maiores mosaicistas do mundo. Como poeta e escritor, é membro da Academia Catarinense de Letras. Um de seus trabalhos mais conhecidos e prestigiados orna as paredes e a entrada da reitoria da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

O edifício

Foi construído elegantemente em linhas modernistas, projetado na década de 1950. A intervenção do artista contemporâneo resgatará uma arte que exerceu grande influência na arquitetura naquele período, a exemplo do Palácio Capanema, obra de Lúcio Costa e Oscar Niemeyer, que teve a consultoria de Le Corbusier e painéis em azulejos de Portinari. O patrocínio para o projeto significará uma nova etapa de uso do edifício, conhecido na cidade como “Veterano”.

spot_img

Leia mais