17.6 C
fpolis
domingo, agosto 14, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Temporada de verão deve gerar 7 mil empregos temporários na Grande Florianópolis

spot_imgspot_img

Temporada de verão deve gerar 7 mil empregos temporários na Grande Florianópolis

spot_imgspot_img

Sindicato de hotéis e restaurantes oferece cursos de qualificação de graça

Restaurantes, bares, hotéis e estabelecimentos que costumam faturar com o Verão já abrem vagas na Grande Florianópolis. Cerca de 7 mil pessoas podem ser contratadas para a temporada até o fim do ano.

A estimativa é da Federação e do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Santa Catarina que, de olho nisso, oferece cursos de graça para garçons, camareiras e recepcionistas nas próximas semanas (veja informações abaixo).

Banco de currículos

A entidade também mantém um banco de talentos, com o currículo de quem se formou nos cursos, para que seja encaminhado a empresas do ramo que procuram novos funcionários.

Ou seja: é uma ótima oportunidade para quem pensa em investir em uma das principais vocações econômicas da região. Quem tiver bom desempenho pode até sair do curso com indicação para emprego.

O garçom Rodrigo Conceição, 28 anos, calcula ter faturado cerca de R$ 12 mil com comissão e gorjeta (sem contar o salário) na última temporada.

— É nessa época que a gente economiza dinheiro para comprar alguma coisa, investir — explica.

Qualificação faz diferença

Com curso na área, espanhol fluente e experiência de mais de 10 anos, Rodrigo consegue trabalho fácil em qualquer época do ano nas praias da Capital. Há quatro dias, ele trocou um restaurante em Canasvieiras por um à beira-mar, na praia dos Ingleses.

Para quem contrata, encontrar pessoas qualificadas é uma tarefa árdua. A comerciante Danuza Oliveira, 23 anos, afirma que adoraria contar com candidatos a emprego com algum tipo de formação para o trato com o público, o que não costuma acontecer.

Perfil

As oportunidades vão de trabalhos temporários em estabelecimentos simples, à beira-mar, a empregos em resorts e hotéis cinco estrelas. Para a primeira opção, a agilidade e a organização são os requisitos mais importantes, enquanto a aparência sóbria e uma certa formalidade são fundamentais para a última.

O certo é que, em qualquer função ligada a atendimento de turistas, certas características são imprescindíveis: gostar de pessoas e tratar muito bem colegas e clientes.

— Essas coisas precisam estar na pessoa, os cursos não ensinam. Também tem que se adaptar com a rotina. Nesse ramo, não tem domingo, nem feriado — alerta o gerente de um hotel cinco estrelas da Capital, Angelo Toppan.

Cursos de qualificação

Camareira
Professora: Giovana Bonelli
Requisito: Ensino Fundamental
Turma 1: Aulas de 25 a 29 de outubro, das 8h ao meio-dia
Turma 2: Aulas de 25 a 29 de novembro, das 15h às 19h
Turma 3: Aulas de 22 a 26 de novembro, das 8h ao meio-dia
Turma 4: Aulas de 22 a 26 de novembro, das 15h às 19h

Garçom
Requisito: Ensino Fundamental
Professor: Geraldo Zanin
Turma 1: Aulas de 8 a 12 de novembro, das 8h ao meio-dia
Turma 1: Aulas de 29 de novembro a 3 de dezembro, das 15h às 19h

Recepcionista
Professor: Geraldo Zanin
Requisito: Ensino Médio
Turma 1: Aulas de 8 a 12 de novembro, das 15h às 19h
Turma 1: Aulas de 29 de novembro a 3 de dezembro, das 8h ao meio-dia

spot_img

Leia mais