17.9 C
fpolis
quarta-feira, outubro 20, 2021
cinesytem

Terceira melhor concessionária BMW do mundo é catarinense

spot_img

Terceira melhor concessionária BMW do mundo é catarinense

spot_img

A concessionária também é a melhor do país, segundo a revista Carros

Carros importados vão recolher mais de R$ 5 bilhões em impostos este ano. Neste nicho, são 771 concessionárias no país, mas a melhor colocada, em 2010, segundo a revista Carros foi a catarinense Top Car. Há 4 anos, a revista Carros promove a maior pesquisa em concessionárias do país, avaliando vários quesitos e elencando as melhores concessionárias por marca, região e em um ranking nacional. A Top Car também ficou em terceiro lugar entre as concessionárias BMW no mundo, nas categorias “satisfação do cliente” e “gerente do ano”. A empresa está presente em Florianópolis, Blumenau e agora também em Chapecó.

A BMW, líder no Brasil no mercado Premium, espera manter o ritmo na comercialização de seus automóveis do segmento no Brasil. A fábrica registrou o melhor ano de todos os tempos em 2010 e a expectativa é de crescimento de 25% no número de vendas em 2011, sobre as 9886 unidades comercializadas no país no ano passado. Em Santa Catarina, os carros da BMW somados aos da inglesa Land Rover representam 74% do mercado de carros de luxo.

A Top Car tem planos de expansão para Balneário Camboriú, Joinville e Criciúma, apostando nas marcas BMW, MINI e Land Rover. “Esses carros são feitos para pessoas modernas, informadas e que também procuram alta qualidade. Há quase 20 anos estamos no mercado. Isto por si só já é garantia de credibilidade e respeito dados aos nossos clientes, já que estamos num país em que as taxas de importação sempre foram oscilantes, nós nos mantivemos atentos ao mercado e às necessidades dos compradores”, disse o gerente de marketing da Top Car, Eduardo Scheer.

Dados da Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos mostram que a concessionária aposta nos carros certos. Entre os carrões de alto luxo, que custam mais de R$ 200 mil, o mais vendido é o modelo Land Rover Range Rover, o mesmo usado pela Família Real Britânica. Só no primeiro semestre deste ano, 584 novos Range Rover foram vendidos em todo o Brasil. Para conseguir um carro desses, o proprietário tem que desembolsar R$ 270 mil na versão mais simples (Sport) e R$ 405 mil na versão mais cara (Vogue), que possui motor V8 5.0 turbo diesel, com 510 cavalos de potência e 8 airbags.

A montadora britânica MINI também começa a conquistar o gosto dos brasileiros. Somou mais de 1700 unidades vendidas no Brasil em 2010, seu primeiro ano no mercado brasileiro. Para ampliar mais sua presença no mercado, a MINI está lançando agora o MINI One, o primeiro carro com preço abaixo de R$ 70 mil, desconto acima de 10 mil, em comparação com o modelo mais barato da marca. Entre as características do modelo, que não abre mão de requinte e carisma conquistado pela marca, estão a direção elétrica (mais leve que a hidráulica), o motor 1.6, freios ABS, o controle de tração e seis airbags, no design mais característico do MINI. Eduardo Scheer é apaixonado pelo modelo e por isso participa do MINI Challange, desafio de corrida dos carros MINI. A próxima bateria será no dia 7 de agosto, em Interlagos.

spot_img
spot_img