15.1 C
fpolis
sábado, setembro 25, 2021
cinesytem

UFSC recepciona mais de 2.300 calouros no Centro de Eventos em Florianópolis

spot_img

UFSC recepciona mais de 2.300 calouros no Centro de Eventos em Florianópolis

spot_img

O auditório do Centro de Cultura e Eventos da UFSC ficou lotado na manhã desta segunda-feira, dia 14, na solenidade de recepção dos calouros do primeiro semestre de 2011. A partir das 10h30, boa parte dos 2.345 novos alunos do campus de Florianópolis foi recebida pela instituição. Eles assistiram a um vídeo, acompanharam uma palestra e ouviram as boas vindas do reitor Alvaro Toubes Prata, e depois disso foram brindados com um carreteiro no hall superior do mesmo prédio. À noite, às 19h, outros 564 estudantes serão recepcionados, também no Centro de Eventos.

Após o vídeo, que mostrou, de forma muito sintética, o que é a Universidade Federal de Santa Catarina, o professor de matemática Rafael Salles, do Colégio da Aplicação, apresentou setores que têm ligação direta com a rotina dos alunos, como as coordenadorias, a Ouvidoria, o Serviço Social Discente, a Biblioteca Universitária, o Departamento de Administração Escolar (DAE), o Restaurante Universitário, o HU e a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE). Também falou dos cursos extracurriculares, do atendimento psicológico e das bolsas que podem ser acessadas pelos estudantes.

Em seguida, houve a premiação dos cinco primeiros classificados no Vestibular 2011, terminando com a entrega de uma placa ao acadêmico Felipe Ferraz Magnabosco, que passou para ao curso de Medicina. Além do reitor Alvaro Prata, a cerimônia teve a participação do vice-reitor Carlos Alberto Justo da Silva.

O DCE também se pronunciou, colocando-se à disposição dos estudantes e alertando para os problemas enfrentados pela Universidade, como a falta de professores em alguns cursos e as dificuldades que impedem a permanência de muitos alunos na instituição.

Fechando o evento, o reitor Alvaro Prata transmitiu os votos de sucesso aos novos acadêmicos e fez uma apresentação de cada pró-reitoria, secretaria e centro de ensino. Ele conclamou os calouros a aproveitarem a oportunidade de estudar “numa instituição de excelência, pujante, eclética e plural”.

Ele também destacou o surgimento de novos cursos a cada semestre, o pioneirismo da UFSC no ensino da Língua de Sinais e o trote solidário. “Cada ano, para nós, é melhor que o anterior, porque estamos numa instituição em permanente expansão e transformação”, afirmou Prata. E concluiu: “Parte da força da Universidade está na resposta que ela dá à sociedade, que é quem nos financia e mantém”.

Por Paulo Clóvis Schmitz/Agecom

spot_img
spot_img

Leia mais