22.2 C
fpolis
sábado, dezembro 4, 2021
cinesytem

Workshop E-luminárias traz conceito e arquitetura e fabricação digital a Florianópolis

spot_imgspot_img

Workshop E-luminárias traz conceito e arquitetura e fabricação digital a Florianópolis

spot_img

Até domingo (27), 50 alunos e professores de design, arquitetura e
engenharia aprenderão tecnologias de design e fabricação digital que
permitem conceber e produzir desde objetos a casas inteiras, com precisão
e rapidez. “Se um marceneiro leva 2 horas para fazer uma mesa pelo modo
convencional, com os sistemas CAD-CAM a gente faz em poucos minutos”, diz
o arquiteto Affonso Orciuoli, professor da Elisava (Escola de Design e
Engenharia de Barcelona,Espanha).

Fundador do Toolingroup, grupo de pesquisa interdisciplinar que vem
introduzindo tecnologias de design e fabricação digital em universidades
do sul da Europa e da América Latina, Orciuoli deu conferências sobre suas
áreas de atuação em 7 cidades catarinenses nas últimas semanas.
Quarta-feira (23) ele começou o Workshop E-luminárias em Florianópolis,
junto com os professores Regiane Pupo, da UFSC, e Ernesto Bueno, da
Elisava.

“Nesta sexta já vai dar para ver os projetos modelados e faremos os
protótipos das luminárias”, adianta Bueno, especialista no programa
Grasshoper, apresentado aos estudantes após o Rhinoceros 3D, outro sistema
para modelagem tridimensional.

Os sistemas CAD-CAM existem há mais de 30 anos, porém se popularizaram nos
últimos 15, quando a informática foi estendida a todas as áreas do
conhecimento. “Estas novas tecnologias abriram novos cenários para o
design e a arquitetura”, pondera Orciouli. “Mas os arquitetos e designers
não aprendem o Rhinos e o Grasshoper na faculdade.”

Para conhecer ambos os softwares, a curitibana Amanda Woehl freqüenta o
workshop no Sapiens Parque, junto com Isadora Fontenelle, de Jaraguá do
Sul, cujo interesse maior era o funcionamento da máquina a laser 2D e de
uma fresadora que corta e, de certa forma, “esculpe” superfícies em MDF,
alumínio ou espuma de poliuretano, por exemplo. De São Bento do Sul,
Ernesto Almeida faz parte de uma equipe que projeta e constrói barcos
movidos a energia solar, representada no workshop por vários alunos da
UFSC. “A maioria foi motivada pela necessidade de desenvolver peças a
serem usadas nos nossos barcos”, explica Almeida, do grupo Vento Sul.

Para por em prática os conhecimento adquiridos, os estudantes vão

projetar e fabricar luminárias. Elas serão exibidas ao final do curso, no
domingo (27).

O workshop foi realizado graças ao programa Inova@SC da SDS (Secretaria de
Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável) e teve apoio da Fapesc
(Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina).
Outra parceira é a Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura,
que pode dar informações adicionais pelo e-mail
secretaria@sc.asbea.org.br.

Também sobre o evento há o site http://santacatarina.elisava.net/

spot_img
spot_img