16.9 C
fpolis
sexta-feira, outubro 22, 2021
cinesytem

Ação desenvolvida em Florianópolis para evitar fraude no pescado é destaque em conferência nacional

spot_img

Ação desenvolvida em Florianópolis para evitar fraude no pescado é destaque em conferência nacional

spot_img

 A ação desenvolvida pela Secretaria de Pesca e Maricultura de Florianópolis, de utilizar a análise molecular do pescado para descobrir eventuais fraudes no comércio de peixes nobres, foi destaque nesta terça-feira, 25, na conferência “Cenário da fraude em pescado no Brasil”, em Belo Horizonte (MG). Os resultados da ação desenvolvida na Capital foram apresentados pelo coordenador do projeto, Tiago Bolan Frigo, ex-secretário adjunto de Pesca e Maricultura e atual superintendente adjunto do Instituto de Geração de Oportunidades (Igeof). As informações são do Executivo Municipal. 

O trabalho ocorreu no primeiro semestre deste ano, quando a Prefeitura realizou a operação “DNA do Pescado”, cujos resultados foram documentados em artigo publicado na revista científica inglesa “Food Control”, de renome internacional.

A partir da análise de moléculas dos peixes, chegou-se à conclusão que 24% das 30 amostras coletadas em supermercados, peixarias e restaurantes apresentavam fraudes.

Elas correspondem, na maioria dos casos, à venda de espécies de qualidade inferior à anunciada e/ou incompatíveis com a normatização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

spot_img
spot_img