18.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

ACIF entrega à Prefeitura estudo para instalação de marina na Beira-mar Norte

spot_img

ACIF entrega à Prefeitura estudo para instalação de marina na Beira-mar Norte

spot_img

A Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) entregou à Prefeitura, nesta terça-feira, 24, um estudo técnico atualizado com a análise das condições marítimas e ambientais da região onde deverá ser construída uma marina na Beira-Mar Norte. A avaliação foi realizada pela empresa norte-americana CB&I. A área estudada é o trecho entre o trapiche (Praça Portugal) e a estação da Casan (Praça Sesquicentenária) – local constatado como preferencial para instalação desse tipo de equipamento. 

A assinatura do termo de doação, com a presença da secretária de Turismo, Zena Becker, e o Procurador Geral do município, Alessandro Abreu, foi realizada em evento na sede da entidade empresarial, com debate sobre a construção de marinas com a presença de representantes da BR Marinas, operadora internacional de marinas, da CB&I, do Complexo de Marinas de Itajaí, da Acatmar, da Capitania dos Portos, Marinha, Corpo de Bombeiros, e do prefeito de Porto Belo, Evaldo Filho, cidade que recentemente inaugurou equipamento náutico. 

Para o presidente da ACIF, Sander DeMira, a vocação náutica de Florianópolis é indiscutível e há um enorme potencial turístico a ser explorado neste mercado. 

O estudo da CB&I conta com mapas, plantas e relatórios de dimensionamento de quebra-mares e dragagem e levantamentos geofísico, batimétrico e geotécnico, com detalhamentos sobre as referências topográficas, marés, correntes, ondas, largura de canal de acesso, dados sísmicos e derrocamento aterro da área de estacionamento e áreas recreativas. Na análise do local para a instalação da marina, a empresa também levou em conta critérios como respeito ao meio ambiente e à sociedade, convivência harmoniosa com empresas vizinhas, minimização dos custos de implantação e operação, boa competitividade em relação a instalações similares em operação ou em implantação no Brasil, aspectos de segurança e saúde pessoal.

O estudo

Para o estudo, foi considerado um projeto inicial de marina com 600 vagas molhadas para embarcações pequenas e médias (até 80 pés), sendo 60 delas de uso público. São 170 mil metros quadrados para a construção de 7 píeres com fingers de embarque e desembarque. Cada píer possui aproximadamente 200 metros de comprimento, com distância de 84 metros entre eles para manobra das embarcações. O acesso para a Baía Norte será por um canal de 33 metros de largura. Outra área com 48 mil metros quadrados é reservada para lazer, com parques e praças, estacionamento e locais para comércio.

spot_img
spot_img

Leia mais