16.2 C
fpolis
sábado, julho 2, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

‘Adote um Ronrom’ precisa de doações para continuar cuidando de animais em situação de risco

‘Adote um Ronrom’ precisa de doações para continuar cuidando de animais em situação de risco

spot_imgspot_img

O projeto Adote um Ronrom atua no resgate, tratamento e encaminhamento para adoção responsável gatos abandonados em Florianópolis. Mantido com a ajuda de voluntários e financiado por doações atualmente, o projeto, que cuida de 19 gatos, precisa de apoio financeiro para continuar cuidando e resgatando animais em situação de risco.

De acordo com a direção do Adote Um Ronrom a conta do projeto fechou no vermelho no mês de agosto. Para conseguir pagar os cuidados básicos dos gatinhos como alimentação, higiene e atendimento médico, o projeto precisa arrecadar doações. 

Para ajudar o Adote Um Ronrom visite a loja virtual do projeto ou faça sua doação, de qualquer valor, em depósito bancário na conta Banco do Brasil, AG 3544-0, CC 17269-3, Carolina Gonçalves Presa Demazi, CPF 051.390.569-33. O projeto disponibiliza a relação dos gastos de cada mês, na seção Prestação de Contas deste site.

Sobre o Adote Um Ronrom

O projeto foi fundado em 2013 e promove a adoção consciente e responsável dos gatos resgatados, visando sempre o bem-estar do animal.  O espaço do Adote Um Ronrom conta com dois ambientes internos e um pátio externo totalmente telado, totalizando aproximadamente 60m². O ambiente interno conta ainda com quatro baias para a triagem dos gatos recém resgatados e um espaço reservado para os gatos com leucemia felina.

Para saber mais sobre o Adote um Ronrom visite  a página do projeto no Facebook ou acesse o site .

Aladdin

Além dos gastos fixos, o projeto precisa arcar com as despesas do tratamento do gato Aladdin, diagnosticado com câncer no intestino no início do mês.

O Aladdin foi recolhido pelo projeto em fevereiro de 2016, no bairro Campeche. Ele estava muito magro, desidratado e com uma sutura na perna traseira esquerda, resultado de uma cirurgia. Com o passar dos meses Aladdin já estava totalmente recuperado, mas no final de agosto ele parou de comer e foi levado ao veterinário para fazer alguns exames, quando foi diagnosticando o câncer de intestino. Além do Aladdin, mais três gatos precisam de cuidados especiais, aumentando as despesas.

Aladdin quando foi resgatado

 

spot_img