fique por dentro de floripa

- Grande Florianópolis - Agroforte investe e aprimora seu parque fabril em Biguaçu

24.09.2019

Agroforte investe e aprimora seu parque fabril em Biguaçu

24.09.2019
Agroforte investe e aprimora seu parque fabril em Biguaçu
Foto: Imagem aérea Agroforte

Empresa catarinense que processa toneladas de resíduos de pescados está em obras de novo galpão

A evolução e busca constante pela excelência no serviço é a premissa das grandes empresas que procuram bons resultados. A Agroforte, indústria de processamento de resíduos, se preocupa com a responsabilidade ambiental e, nos últimos meses, vem se empenhando no investimento em tecnologia, buscando referências internacionais além do desenvolvimento e a modernização que garantem qualidade na produção e o cuidado extremo com o meio ambiente.

Com sede na cidade de Biguaçu, na Grande Florianópolis, a Agroforte traz a novidade de uma nova estrutura que irá comportar todo o maquinário, que já é referência no país. O processo de reaproveitamento da indústria catarinense é muito similar ao método utilizado pelos países europeus no segmento reciclagem de resíduos.

Diariamente caminhões levam, para a sede da Agroforte, toneladas de resíduos de pescado. O material é resultado da sobra da filetagem realizada em peixarias e indústrias pesqueiras de todo o litoral catarinense que acabam descartando entre 50% e 70% do peixe - como cabeça, rabo e ossos, partes sem valor para consumo humano. Para evitar que esse produto de qualidade acabe sendo desperdiçado, a empresa de processamento atua na transformação destes resíduos em farinha e óleo, que são comercializados para empresas nacionais e também do exterior para a fabricação de ração. Já a água resultante deste processo é tratada e devolvida ao meio ambiente.

O novo galpão reforça a fase de crescimento da indústria que investe em modernização. O estado de Santa Catarina ganha com a expansão industrial de uma empresa que tem capacidade para processar até 300 toneladas de resíduos de peixe por dia, transforma o que seria jogado no lixo em base para alimento animal, se preocupa com a sustentabilidade e, acima de tudo, garante a qualidade do produto que é exportado para países como Sri-Lanka, Chile, Taiwan, Bangladesh, Vietnam e Panamá.

 

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Whindersson Nunes desembarca em Florianópolis na próxima semana

17.10.2019

Whindersson Nunes desembarca em Florianópolis na próxima semana

Arena Petry anuncia shows de Ana Carolina e Tiago Iorc na mesma noite em novembro

15.10.2019

Arena Petry anuncia shows de Ana Carolina e Tiago Iorc na mesma noite em novembro

Natiruts traz o Reggae Power para a Arena Petry

10.10.2019

Natiruts traz o Reggae Power para a Arena Petry

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.