15.1 C
fpolis
sexta-feira, setembro 17, 2021
cinesytem

Alesc declara a pesca artesanal da tainha patrimônio histórico e artístico-cultural de SC

spot_img

Alesc declara a pesca artesanal da tainha patrimônio histórico e artístico-cultural de SC

Os deputados estaduais de Santa Catarina aprovaram na tarde desta terça-feira, 6, o Projeto de Lei nº 182/12, do deputado Edison Andrino (PMDB), declarando integrante do patrimônio histórico, cultural e artístico do Estado a pesca artesanal da tainha. A informação é da assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa (Alesc).

De acordo com Andrino, que cresceu na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, a pesca da tainha movimenta as comunidades, a economia regional, a gastronomia, além de estar enraizada na cultura das comunidades litorâneas.

A tradição da pesca da tainha, segundo o parlamentar, “não pode se perder, sob pena de perder-se a identidade e origem das comunidades que por centenas de anos fazem parte deste evento social que ainda hoje produz pescado e que é importante parte da economia local, pois a maior parte desta pesca ainda se dá por meio de canoas e redes artesanais das comunidades”.

Na justificativa do projeto de lei, o autor explica que registros de historiadores e navegadores antigos indicam que a pesca da tainha já era praticada pelas tribos indígenas que habitavam o litoral em 1526.

Hans Staden, aventureiro alemão que foi prisioneiro dos Tupinambás em 1554, registrou que os brasis iam à guerra uns contra os outros na época da piracema, quando os peixes subiam os rios, pois o fenômeno facilitava a alimentação dos guerreiros em marcha pelo litoral, para capturar prisioneiros para o banquete antropofágico.

spot_img
spot_img

Leia mais