25.2 C
fpolis
sábado, janeiro 22, 2022
cinesytem

Aliança Francesa e UFSC promovem exposição fotográfica sobre energia e biodiversidade

Aliança Francesa e UFSC promovem exposição fotográfica sobre energia e biodiversidade

spot_img

Apresentação do filme “Home, o mundo é a nossa casa” e a palestra “América Latina: um continente solar”

A Aliança Francesa e a UFSC promovem no dia 20 de outubro, terça-feira, às 19 horas, no Hall da Reitoria da UFSC a abertura da exposição fotográfica “O desenvolvimento sustentável, por quê?”, com fotógrafos franceses, e a exibição do filme “Home, o mundo é a nossa casa”, de Yann Arthus-Betrand e Luc Bresson. Logo em seguida, às 20h30, haverá a palestra “América Latina: um continente solar” com o professor Mauro Passos, do Instituto IDEAL.

A exposição poderá ser vista no Hall da Reitoria da UFSC até 30 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas. Gratuito e aberto à comunidade.

Este evento na UFSC é uma parceria da Aliança Francesa de Florianópolis com o Departamento Artístico Cultural DAC, da Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina.

Exibição do filme

“Home, o mundo é a nossa casa”, filme de Yann Arthus-Bertrand.

Dez anos após o lançamento de seu livro, A Terra vista do céu (3,5 milhões de exemplares), Yann Arthus-Bertrand dirige pela primeira vez um longa metragem, um apelo a uma tomada de consciência sobre o futuro de nosso planeta a fim de nos incitar a preservá-lo. Ao longo desta inacreditável viagem sobre a Terra, vão se revelar todas as suas riquezas, a beleza das paisagens, mas ao mesmo tempo, as marcar terríveis e destruidoras que o homem impôs à natureza nestes últimos cinqüenta anos. Acompanhando o filme de uma dimensão internacional
(126 países), a mensagem de Yann Arthus Bertrand é clara; Devemos ter tempo para olhar o nosso planeta, contemplar sua beleza, mas há urgência, devemos assumir nossa responsabilidade e agir juntos para que o amanhã exista.

Palestra

No mesmo dia (20/10), às 20h30min, acontece a Palestra: ?América
Latina: um continente solar, com Prof. Mauro Passos, no Auditório da Reitoria da UFSC

O professor Mauro Passos é Diretor Presidente do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina – Instituto IDEAL. Mauro Passos – engenheiro do setor elétrico (1973 a 2003), pós-graduado em Planejamento Energético, foi vereador e deputado federal. No Congresso atuou nas Comissões do Mercosul, de Minas e Energia, do Meio Ambiente, de Ciência e Tecnologia, de Turismo e no Conselho de Altos Estudos. Criou e presidiu a Frente Parlamentar em Defesa da Energia de Fontes Renováveis e, atualmente, é o membro latino-americano do Conselho Mundial de Energias Renováveis (WCRE), com sede em Bonn, na Alemanha.

Contato: Fátima – (48) 3234 ?1757 ou mauropassos@institutoideal.org

Exposição Energia e Biodiversidade

De 20 a 30 de outubro no Hall da Reitoria da UFSC, acontece a exposição fotográfica com o tema: Energia e Biodiversidade.

Exposição pedagógica distribuída pela Fundação Good Planet.
Edita todos os anos, com ajuda de parceiros, posters fotográficos para oferecer gratuitamente aos estabelecimentos de ensino franceses, como instrumento lúdico de educação ambiental.

Trata-se de uma seleção de 20 imagens em grande formato, dando seqüência às exposições de 2006 e 2007 realizadas por Yann Arthus Bertrand e fotógrafos franceses convencidos da importância dos desafios ambientais.

Essas duas exposições têm como objetivo responder à questão
fundamental: “O desenvolvimento sustentável? Por quê” E trata de dois assuntos específicos para tentar respondê-la: “A energia, quais escolhas para amanhã?”, “A biodiversidade: tudo está vivo, tudo está ligado”

Por que esta exposição?

Nestes anos que venho girando pelo mundo, fotografando o homem e seus traços, fui me transformando. Do alto do helicóptero, sou absorvido por um sentimento de urgência. Como tornar pessoas conscientes de que somos cada um responsáveis pessoalmente por nossa Terra?

No entanto, quando escutei falar de desenvolvimento sustentável pela primeira vez, me pareceu que era uma noção abstrata, ausente do terreno e muito afastado de minhas preocupações imediatas.

Hoje, eu sei que esta expressão traz nela um grande humanismo. Ser ecologista é antes de tudo respeitar o outro. Eu encontrei cientistas que me pegaram por um momento nosso planeta, o futuro da vida como um jogo. Eu tomei consciência que para uma grande parte da humanidade a primeira preocupação é se alimentar, o próprio e sua família, e vi que eu era um privilegiado.

Tomei cada encontro como um ensinamento. Todos estes homens foram meus professores. Graças a eles, eu compreendi que cada um de nossos atos cotidianos são importantes: se eu derramo um produto tóxico na pia, ele se junta ao rio, depois ao mar, e de lá, ele pode poluir qualquer continente. É por isso que esta exposição fala do mundo inteiro. O desenvolvimento sustentável não pode ser limitado ao território pessoal de meio ambiente imediato, ele é internacional por natureza.

Todos os anos, eu recebo imagens magníficas de presente. Hoje, minhas fotos só devem servir a uma coisa: ajudar na tomada de consciência. Eu quero oferecer isso aos presentes.

A iniciativa é também valiosa para reencontrar o trabalho dentro das escolas. Mas da mesma maneira que foram necessários mestres para dar sentido a estas imagens, esta exposição necessita da pedagogia e do saber dos professores. Eu espero que ela seja um bom instrumento para fazer compreender melhor o que é o desenvolvimento sustentável e talvez, para dar aos alunos a vontade de ir mais adiante.

(*) Depoimento de Yann Arthus Bertrand, jornalista, repórter e ambientalista francês

SERVIÇO:

O QUÊ: Abertura de exposição fotográfica sobre energia e biodiversidade, apresentação do filme ?Home, o mundo é a nossa casa”, e a palestra ?América Latina: um continente solar?.
QUANDO: Dia 20 de outubro de 2009, terça-feira, às 19 horas: filme, e às 20h30: palestra. Visitação da exposição: até 30 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 09h às 18h.
ONDE: Hall da Reitoria da UFSC, Trindade, Florianópolis-SC.
QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade.
CONTATO: Marta Cesar – (48) 9967-3324 – Coordenadora Cultural da Aliança Francesa de Florianópolis / Contato na UFSC: Amícia ? (48)
3721-9683 (à tarde) Galeria de Arte da UFSC

Visite: www.dac.ufsc.br

Por: José Wilson Fontenele ? Acadêmico de Jornalismo, bolsista no Departamento Artístico Cultural – DAC: SECARTE: UFSC, com material da produção da exposição.

spot_img
spot_img