fique por dentro de floripa

- Economia e Negócios - Análise do Fisco: arrecadação superior a 50% reflete comparação com período mais crítico da pandemia sobre a economia de SC

04.05.2021

Análise do Fisco: arrecadação superior a 50% reflete comparação com período mais crítico da pandemia sobre a economia de SC

04.05.2021
Análise do Fisco: arrecadação superior a 50% reflete comparação com período mais crítico da pandemia sobre a economia de SC
Foto: Agronegócio vem colaborando para o bom desempenho da economia de SC - DIVULGAÇÃO

Sindifisco avaliou o comportamento da receita no mês de abril

 

O Sindifisco - Sindicato dos Fiscais da Fazenda do Estado de Santa Catarina divulgou nesta terça-feira (4/5) análise sobre os dados da arrecadação do mês de abril, que encerrou com valor de R$ 2,99 bilhões: crescimento de 51,2% na comparação com o mesmo mês de 2020. O desempenho do ICMS também surpreendeu: R$ 2,37 bilhões (52,9% maior na comparação com abril do ano passado).

De acordo com o Fisco, o resultado se deve a um conjunto de ações, que vão da recuperação econômica ao trabalho de fiscalização. “Entre abril e junho de 2020, a economia catarinense praticamente parou devido à pandemia, com queda brusca na arrecadação. Um ano depois, com a retomada da atividade industrial, com as exportações, o agronegócio e o trabalho fiscal, registramos este crescimento de mais de 50%”, observa o presidente do Sindifisco, auditor fiscal José Antônio Farenzena. O presidente destaca o trabalho de fiscalização regional, que apresentou crescimento de 113% em relação a abril de 2020.

 

Setores - No topo da lista dos setores que se destacaram, mais uma vez está o de material de construção, com alta de 160% na comparação com o mesmo mês de 2020. As redes varejistas registraram crescimento de 120%. Já a indústria têxtil obteve um incremento de 97% na comparação entre abril de 2020 e 2021 (desempenho atribuído ao fechamento dos shoppings e lojas logo no início da pandemia).

 

Agronegócio sentiu pouco - Pouco afetado pelas medidas restritivas, o agronegócio registrou 94% de incremento. “O agronegócio tem crescido - tanto no volume de exportações, que está cerca de 30% maior, quanto na comercialização de produtos”, explica o Diretor de Políticas e Ações Sindicais do Sindifisco, o auditor fiscal Sérgio Pinetti. 

 

Na sequência aparecem os setores de transporte de mercadorias, com 75%, outra mostra do desaquecimento do ano passado e da atual retomada. Automóveis e autopeças tiveram crescimento de 66%. “No ano passado a venda de veículos novos estava prejudicada, agora o mercado está aquecido pelos lançamentos de modelos novos. O reajuste de preços, de cerca de 20%, também reflete no resultado da arrecadação”, avalia Pinetti.

 

Combustíveis - O setor de combustíveis, com incremento de 36%, reflete a restrição de circulação em abril do ano passado e também o reajuste de preços nas refinarias. O auditor fiscal Sérgio Pinetti explica que a recente mudança de regra na base de cálculo, imposta por decisão do Supremo Tribunal Federal, não aparece no resultado da arrecadação de abril. “O Estado tem sido considerado o vilão do aumento dos combustíveis, mas está somente cumprindo um novo mecanismo jurídico, a base de cálculo do ICMS não é mais definitiva. Se o Estado não atualizar a base de cálculo do ICMS, deixa de cumprir com um dever vinculado da administração tributária que é a observância estrita da regra legal e da decisão judicial vinculante”, explica. “O novo tratamento tributário é aplicável às mercadorias sujeitas ao regime da substituição tributária, caso dos combustíveis”, completa.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Faial recebe novamente Prêmio Travellers’ Choice

14.05.2021

Faial recebe novamente Prêmio Travellers’ Choice

Lojas Bistek em Florianópolis e São José estarão fechadas na 2ª feira (17)

14.05.2021

Lojas Bistek em Florianópolis e São José estarão fechadas na 2ª feira (17)

App de pequenas reformas expande operações para Florianópolis

14.05.2021

App de pequenas reformas expande operações para Florianópolis

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.