25.2 C
fpolis
sábado, janeiro 22, 2022
cinesytem

Arquitetos e urbanistas latinoamericanos debatem tendências na UFSC em Florianópolis

Arquitetos e urbanistas latinoamericanos debatem tendências na UFSC em Florianópolis

spot_img

Grandes nomes da arquitetura e do urbanismo latinoamericano — que ganharam destaque nas Bienais internacionais de Buenos Aires e São Paulo — apresentam os novos conceitos de turismo, moradia e lazer nesta quinta, 25/03, a partir das 14h, no Auditório da Reitoria da UFSC. As palestras promovidas pela Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura de Santa Catarina (Asbea/SC) fazem parte do evento ‘Destaques das Bienais’, que conta também com a exposição de diversos projetos, entre eles uma mostra coletiva de trabalhos catarinenses, no Centro Integrado de Cultura (CIC).

O arquiteto e idealizador do projeto André Schmidt abre o ciclo de palestras com o debate sobre projetos arquitetônicos e intervenções espaciais no litoral catarinense. A nova geração de profissionais brasileiros será representada por Ângelo Bucci, que vai trazer uma leitura contemporânea da produção nacional. O chileno Cristián Boza, um dos fundadores do Centro de Estudos de Arquitetura do Chile, traz reflexões em torno de um modelo de arquitetura educativo e funcional, seguido pelo portenho Enrique Cordeyro, membro do Comitê Internacional de Críticos de Arquitetura.

A brasileira Leiko Motomura, que assinou o Centro de Cultura Max Feffer, primeiro na América Latina a conquistar certificação de impacto ambiental LEED, emitido pelo Green Building Council (GBC), fala sobre ecossustenbilidade e a utilização de bambu. O argentino Roberto Converti encerra a programação discutindo os projetos de ‘waterfronts’ e a revitalização de áreas deterioradas, como em Neuquén, Santa Fé e em Porto Madero (Argentina).

Criado há dois anos pelo arquiteto André Schmitt em parceria com o jornalista Vicente Wissenbach, um dos mais respeitados do país no segmento, o evento ´Destaque das Bienais` inaugura o debate sobre a qualidade da arquitetura produzida no Estado e apresenta um panorama das tendências latinoamericanas com projetos e profissionais qualificados.

SERVIÇO:

O quê: Ciclo de palestras Destaque das Bienais
Quando: dia 25.03, quinta-feira
Onde: Auditório de Reitoria da UFSC
Horário: 14h às 20h30
Inscrições: poderão ser feitas no site da Asbea-SC,
www.sc.asbea.org.br ou pelo email: secretaria@sc.asbea.org.br
Outras informações:(48) 3028-3628.

Perfil dos palestrantes

André Schmidt (Florianópolis/SC)
Vice-presidente da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura, seccional de Santa Catarina (AsBEA/SC), o arquiteto é idealizador do projeto Destaque das Bienais. Titular do escritório Desenho Alternativo, Schmidt assinou representativos projetos arquitetônicos e intervenções espaciais no litoral catarinense como
o Costão do Santinho Resort e o Plano de Ocupação Espacial para a Ilha João da Cunha, em Portobelo.

Ângelo Bucci (São Paulo, SP)
Destacado expoente da nova arquitetura brasileira, Bucci integra um grupo de profissionais que retomaram os princípios da Arquitetura Moderna Brasileira, tendo como referência Paulo Mendes da Rocha. Foi premiado na categoria ‘Revelação da Jovem Geração’ na XII Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires em 2009, dirige o escritório paulista SPBR e leciona na FAUUSP desde 2001.

Cristián Boza (Chile)
Um dos fundadores do Centro de Estudos de Arquitetura do Chile e decano do Curso de Arquitectura y Diseño da Universidad de San Sebastián, em Santiago. Atua em projetos de planejamento urbano regional e conta com mais de um milhão de metros quadrados construídos. Conquistou o grande prêmio latinoamericano concedido pelo Comitê Internacional de Críticos de Arquitetura na Bienal Internacional de Buenos Aires, em 2008.

Enrique Cordeyro (Argentina)
Membro do Comitê Internacional de Críticos de Arquitetura (CICA) e um dos curadores da XII Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires, em 2009.

Leiko Motomura (Cotia, SP)
Formada pela Mackenzie em 1970 e titular do escritório Amima Arquitetura, a profissional é reconhecida por utilizar práticas e tecnologias que causam o mínimo impacto ambiental, além de materiais sustentáveis como o bambu. Assinou o projeto do Centro Cultural Max Feffer, em Pardinho (SP), primeiro na América Latina a receber o ‘selo verde’ da Green Building Council (GBC).

Roberto Converti (Argentina)
Considerado um dos mais importantes especialistas em planejamento e
revitalização de áreas urbanas junto à água (waterfronts), Converti teve importante atuação no projeto de Puerto Madero e Porto de Santa Fé, na Argentina. Coordena o escritório Oficina Urbana, ao lado de Fábio de Marco, especializado em projetos e gestão de intervenções de médio e grande porte, públicos e privados, que geram novas centralidades urbanas.

spot_img
spot_img