20.6 C
fpolis
quinta-feira, outubro 28, 2021
cinesytem

Artesãos catarinenses expõem durante as Olímpiadas e Paraolimpíadas do Rio de Janeiro

spot_img

Artesãos catarinenses expõem durante as Olímpiadas e Paraolimpíadas do Rio de Janeiro

spot_img

Até o dia 16 de setembro, o Rio de Janeiro será palco de dois dos maiores eventos esportivos do mundo, as Olímpiadas e Paraolimpíadas. Enquanto a imprensa mundial estará de olho no Brasil, milhares de turistas irão visitar a cidade carioca para acompanhar os jogos. Pensando em posicionar o artesanato brasileiro no mercado nacional e internacional, o Sebrae irá montar durante os jogos quatro showrooms com a exposição e comercialização do trabalho de artesãos brasileiros participantes do Projeto Brasil Original. Santa Catarina estará presente com oito representantes.

“Ao apoiar a exposição dos trabalhos catarinenses, o Sebrae/SC está valorizando o artesanato feito no Estado e, principalmente,  incentivando o acesso a mercado, já que os jogos olímpicos podem servir como uma importante vitrine para esses artesãos comercializarem seus produtos no mercado brasileiro e também no mercado internacional”, afirmou a coordenadora dos projetos de artesanato do Sebrae/SC, Simone Peluso. 

A loja âncora funcionará no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), inaugurado em março com a missão de reposicionar e qualificar a produção artesanal e ampliar a comercialização das peças produzidas pelos artesãos brasileiros.

Os outros três showrooms serão montados nos shoppings Rio Sul, em Botafogo, o Shopping Barra, na Barra da Tijuca, e o Norte Shopping, no Cachambi, zona norte da cidade, que deverão receber um grande fluxo de pessoas por causa dos Jogos Olímpicos. A visitação é gratuita.

A expectativa do Sebrae/SC é que durante todos os dias do evento, mais de 170 mil pessoas visitem os showrooms. “Um shopping em média recebe 35 mil visitantes/mês na cidade do Rio de Janeiro. Durante um mês e meio temos 52,5 mil visitantes. Acrescentamos 5 mil por shopping pelo aumento de visitantes na cidade motivados pelos jogos olímpicos. Ponderando que são três shoppings, estimamos uma visitação superior a 170 mil pessoas”, comenta Simone.

Quem visitar os espaços Projeto Brasil Original no Rio de Janeiro poderá encontrar produtos dos artesãos catarinenses Ana Gern, de resíduo têxtil, de Joinville; Edna Mesadri, de resíduo têxtil, de Joinville; Eugenia Istchuk, que trabalha com conchas e cerâmica, de Florianópolis; Cirandarte, empresa de Brinquedos Educativos, também de Florianópolis; Marina Takase, que trabalha com cerâmica, de Palhoça; Salete Maria Henrique, que representa os Cavalinhos Chicão, de Palhoça; Johannes Lacerda, que trabalha com cerâmica em Porto Belo; e Maurício Linécia, que produz as Pessânkas, de Itaiópolis.

spot_img
spot_img