19.1 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 2, 2021
cinesytem

Atletas são escalados para a Campanha do Dia Nacional da Doação de Órgãos

spot_imgspot_img

Atletas são escalados para a Campanha do Dia Nacional da Doação de Órgãos

spot_img

EVENTO, EM FLORIANÓPOLIS, SERÁ NO BEIRAMAR SHOPPING, DAS 10 ÀS 22H, NESTA TERÇA, DIA 27

No Rio de Janeiro, Zico e Nalbert, celebridades mundiais do futebol e do vôlei. Em Florianópolis, os craques do Avaí, do Figueirense e da Cimed! Assim, mobilizando atletas – nos moldes do evento realizado pelo Ministério da Saúde entre as praias do Leme e Copacabana, no fim de semana – a Associação de Pacientes Renais de Santa Catarina espera chamar a atenção da sociedade para a importância da doação de órgãos. O encontro entre os jogadores, seus fãs e o público em geral será nesta terça-feira, Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos, no Beiramar Shopping em Florianópolis, das 10 às 22h.

Ao longo do evento, a APAR lançará três modelos distintos de camisetas com o slogan da campanha: Torço pelo Figueira, torço pela vida; Torço pelo Avaí, torço pela vida; e Torço pela Cimed, torço pela vida. Produzida pela Propague, a campanha traz como diferencial em relação aos anos anteriores a inclusão do vôlei entre os esportes destacados, e a expectativa é que vários atletas compareçam ao estande da APAR para autografar as peças nesta terça-feira. Também serão distribuídos adesivos e flyers com esclarecimentos sobre o tema.

“Nossa preocupação é com o aumento de pacientes em lista de espera por transplantes. Também é assustador o número de doentes renais em hemodiálise, em decorrência de doenças crônicas como a diabetes e a hipertensão”, destaca o presidente da APAR e transplantado de rim, Juarez Alves Nunes. “Isso justifica a necessidade de programas de prevenção para essas doenças, que constituem um grave problema de saúde pública”, completa.

A campanha da APAR se dispõe a reduzir a barreira do preconceito e fomentar a conscientização em torno da doação voluntária de órgãos. “A sociedade precisa ver a doação como um ato de solidariedade e amor ao próximo capaz de salvar muitas vidas”, reforça o presidente. Santa Catarina tem 1202 pacientes em lista de espera por um transplante, dos quais 340 são para transplante de rim. Até agosto foram realizados 665 transplantes, sendo 174 de rins.

No Brasil, o slogan da campanha 2011 é Seja um doador de órgãos, seja um doador de vidas. Segundo o Ministério da Saúde, o SUS é o maior sistema público de transplantes do mundo, respondendo por 95% das cirurgias deste gênero no Brasil. Em 2010, no país, foram feitas 21.040 cirurgias para transplante pelo SUS, quase o dobro da quantidade registrada em 2002 (11.203). Se você é doador, avise a sua família.

spot_img
spot_img