23.1 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Audiência nesta quinta-feira tentará reverter decisão da Justiça de ampliar área de embargo à maricultura

spot_img

Audiência nesta quinta-feira tentará reverter decisão da Justiça de ampliar área de embargo à maricultura

spot_img

Uma audiência de conciliação ocorrerá nesta quinta-feira, 31, na Vara Federal Ambiental de Florianópolis para discutir a ampliação da área embargada das atividades de maricultura: da região entre a Tapera e o Ribeirão da Ilha, no Sul da Ilha de Santa Catarina, para Palhoça e Governador Celso Ramos.

Participarão do encontro profissionais com experiência na área, da Celesc, da FATMA, da Secretaria de Agricultura e Pesca, da Prefeitura, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Polícia Ambiental.

O intuito da audiência é prestar informações e colaborar para o esclarecimento das consequências do vazamento, provocado por uma ação de furto em um dos transformadores da Celesc localizados no Sul da Ilha.

Reunião

O Governo do Estado promoveu um novo encontro na tarde desta terça-feira, 29, com representantes de todas as entidades para discutir o assunto.

O objetivo do encontro foi alinhar ações após a divulgação de laudo de que não há contaminação no local. O resultado da análise laboratorial de água e moluscos solicitada pela Secretaria da Agricultura à Universidade de São Paulo (USP) foi divulgado na manhã desta terça-feira.

Todas as análises, de acordo com o diretor Roni Barbosa, comprovaram a inexistência de qualquer contaminação nas amostras coletadas no local do vazamento. “Os moluscos estão, técnica e cientificamente, aptos para o consumo humano”, destacou o diretor, com o laudo em mãos.

spot_img
spot_img