18.5 C
fpolis
terça-feira, setembro 28, 2021
cinesytem

Campanha do Dia Mundial sem Tabaco alerta para associação entre tabagismo e Covid-19

spot_img

Campanha do Dia Mundial sem Tabaco alerta para associação entre tabagismo e Covid-19

spot_img

 

No HU-UFSC/Ebserh a campanha é organizada pelo Núcleo de Estudos e Tratamento do Tabagismo (Net-Tab)

 

"Comprometa-se a parar de fumar durante a pandemia da Covid-19". Este é o lema da campanha do Dia Mundial sem Tabaco, comemorado em 31 de maio, segundo nota técnica do Instituto Nacional do Câncer (INCA), que, desde o final da década de 80, articula um conjunto de ações dentro do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT). No Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh), as ações são organizadas pelo Núcleo de Estudos e Tratamento do Tabagismo (Net-Tab), que promove campanhas e realiza ações junto a pacientes com o objetivo de conscientizar sobre os riscos do tabagismo, além de apresentar formas de terapia e tratamento, uma vez que o tabagismo é uma doença crônica.

 

A coordenadora do Net-Tab, professora Leila Steidle, explicou que a campanha deste ano mantém as informações básicas sobre os riscos do tabagismo e traz um foco sobre a Covid-19. A nota técnica do Inca alerta que o tabagismo pode ser um fator de risco para agravamento da doença provocada pelo coronavírus.

 

Conforme a nota do INCA, o tabaco causa diferentes tipos de inflamação e prejudica os mecanismos de defesa do organismo. Por esses motivos, os fumantes têm maior risco de infecções por vírus, bactérias e fungos e são acometidos com maior frequência de infecções como sinusites, traqueobronquites, pneumonias e tuberculose. Por isso, é possível dizer que o tabagismo é fator de risco para o agravamento da Covid-19. Sendo assim, o fumante possui mais chances de desenvolver sintomas graves da doença.

 

Anualmente, no Dia Mundial sem Tabaco, o INCA promove e articula uma grande campanha nacional sobre o tema com as secretarias estaduais e municipais de saúde e de educação dos 26 Estados e Distrito Federal e com outros setores do Ministério da Saúde e do governo federal que integram a Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro da OMS para o Controle do Tabaco (CQCT/OMS).

 

Confira a nota do INCA aqui.

spot_img
spot_img

Leia mais