15.5 C
fpolis
terça-feira, julho 5, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Candidatos à Prefeitura da Capital apresentam propostas ao setor tecnológico em evento na próxima segunda

Candidatos à Prefeitura da Capital apresentam propostas ao setor tecnológico em evento na próxima segunda

spot_imgspot_img

O setor que lidera a atividade produtiva em Florianópolis recebe candidatos a prefeito e a vereador na próxima segunda-feira, dia 12 de setembro, a partir das 18h, no Vertical Meeting Especial Eleições 2016. A Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e o Sindicato das Empresas de Informática da Grande Florianópolis (Seinflo), com o apoio da Endeavor, Fundação Certi e ACIF, promovem o evento para que os candidatos possam expor suas ideias e propostas aos empresários e colaboradores das empresas de tecnologia da Capital.

Em vez de um debate tradicional, cada candidato a prefeito terá 10 minutos para fazer seu pitch — termo utilizado no universo das startups para se referir a uma apresentação curta de ideias ou projetos — com foco em propostas para o segmento de TI e de empreendedorismo inovador. Em seguida, serão sorteados dois temas sobre os quais o candidato deverá discorrer.

Os participantes que concorrem à Prefeitura indicarão, cada um, até três candidatos a vereador de suas respectivas coligações para se apresentarem no evento. Eles terão 1 minuto e 30 segundos para explicar suas ideias em relação ao setor de tecnologia.

As inscrições para o evento, que será realizado no Centro de Inovação ACATE (CIA) – Primavera, estão disponíveis no site https://www.eventick.com.br/vert-meeting-especial-eleicoes.

Acompanhe a cobertura ao vivo do encontro no Twitter da ACATE, a partir das 18h.  

O setor tecnológico de Florianópolis gerou, no primeiro semestre de 2016, R$ 12 milhões aos cofres públicos em Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS). A arrecadação foi a maior entre as atividades econômicas, representando 17,15% do total recolhido pela prefeitura da Capital. Apesar disso, a área de tecnologia ainda recebe pouca atenção da Prefeitura. Algumas das principais reivindicações dos representantes do setor são: tornar mais célere o processo de abertura de empresas (atualmente, são necessários 177 dias para abrir um negócio em Florianópolis), nomear para a secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável alguém com conhecimento e experiência no setor, e regulamentar a Lei Municipal de Inovação, no papel desde 2012.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

spot_img