20.8 C
fpolis
sábado, dezembro 9, 2023
Alesc

Capital da Inovação

spot_img

Capital da Inovação

Artigo escrito por Carlos de Rolt – Titular da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (DC, 25/06/2009)

A Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável apresentará o seu Plano de Ação e assinará o Termo de Compromisso de Gestão até 2010, em evento público, nesta sexta-feira 26. A missão da pasta recém-criada na reforma administrativa implementada pela Prefeitura de Florianópolis dá mostras do tipo de desenvolvimento que se pretende para a cidade: Cidadania e Inovação para o Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Florianópolis é hoje destacado polo de empresas de base tecnológica. Com cerca de 400 mil habitantes, a Capital possui 450 empresas de software, hardware e serviços de tecnologia, que geram em torno de 5 mil empregos diretos. A arrecadação de ISS do setor atingiu quase R$ 10 milhões em 2008 – mais do que a construção civil e o dobro do turismo.

Mas de nada adianta termos ilhas de tecnologia de ponta em Florianópolis, se convivermos com bolsões de pobreza. Precisamos garantir a inclusão de todos. Vinculado à Secretaria, contamos com o Igeof (Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis), que atua em projetos de desenvolvimento local através de parcerias. Destaque ainda para o Escritório de Projetos, para captação de recursos e a difusão de tecnologias de gestão de projetos em redes de organizações, um convênio com a Udesc, através do seu Centro de Ciências da Administração da Esag. Tudo isso com um objetivo bastante definido: consolidar Florianópolis como a Capital da Inovação.

spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais