18.3 C
fpolis
terça-feira, maio 21, 2024
Cinesystem

Cinco décadas de contribuição da Acafe com a educação são reconhecidas na Alesc

spot_img

Cinco décadas de contribuição da Acafe com a educação são reconhecidas na Alesc

spot_imgspot_img

Sessão Especial, proposta pelo deputado Napoleão Bernardes, ocorreu na noite desta segunda-feira (13/05), na sede do Parlamento catarinense, em Florianópolis

Os 50 anos de contribuição da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe), foram mais uma vez reconhecidos pela Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc). A Sessão Especial, proposta pelo deputado estadual, Napoleão Bernardes, ocorreu na sede do Parlamento Catarinense na noite desta segunda-feira (13/05), e contou com a presença de autoridades, reitores das universidades associadas, acadêmicos e comunidade em geral.

Além da Associação enquanto instituição, todas as universidades integrantes foram homenageadas no ato que ocorreu no Plenário Deputado Osni Régis.

A presidente da associação e reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, dividiu a homenagem com todos os presentes e reitores das demais universidades que compõem a Acafe.

“A entidade é conduzida pelas mãos de diversas pessoas, acompanhada por uma comunidade acadêmica que passou por inúmeros desafios como a pandemia e o cenário avassalador da educação superior brasileira. Nós não temos interesse apenas em conferir um diploma para o mundo do trabalho, mas de formar pessoas comprometidas com valores de cidadania, solidariedade, ética, respeito, e tantos outros”, relatou.

Emocionada, Luciane também agradeceu ao Parlamento Catarinense pela honraria. “Esta homenagem da Alesc representa o reconhecimento do poder público e da sociedade catarinense pela contribuição significativa da Acafe para o desenvolvimento do estado ao longo destas cinco décadas firmadas no tripé do Ensino, da Pesquisa e da Extensão, na busca por soluções para os problemas da nossa sociedade”, ressaltou.

Solidariedade

“Sirvam nossas façanhas, de modelo a toda terra”. Uma das frases mais conhecidas do hino do Rio Grande do Sul, estado que sofre com a forte enchente dos últimos dias, foi utilizada por Luciane para lembrar que todas as universidades da Acafe estão com o povo gaúcho neste momento difícil. Entre as ações realizadas, está a campanha SOS Rio Grande do Sul, que arrecada e envia suprimentos para o estado vizinho.

Além disso, a presidente da entidade cita que a Acafe representa um dos maiores cases de inovação social pela educação. “Uma iniciativa genuinamente catarinense, exportada para outros estados. Que responsabilidade temos agora, após receber esta homenagem da Assembleia Legislativa. Faremos cada vez melhor este trabalho que nos foi confiado. Nós, reitores, não chegamos a este lugar por desejo próprio, mas pela convicção e confiança da comunidade acadêmica e temos em mãos um grande programa, uma política de estado aprovada por 38 dos 40 deputados estaduais: o Programa Universidade Gratuita”, pontuou.

A Acafe é uma sociedade civil sem fins lucrativos que congrega as 14 fundações educacionais criadas em Santa Catarina por lei dos poderes públicos estadual e municipais com o objetivo de promover a união e o intercâmbio administrativo, técnico e científico entre as Instituições de Educação Superior, na busca de soluções para problemas comuns nas áreas de Ensino, Pesquisa, Extensão e inovação.

O secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon, relata que, ao nascer, a Acafe teve grande papel ao fazer a integração de Santa Catarina.

“O governador Jorginho Mello tem grande consideração pelas instituições da Acafe. Ele sabe da importância por isso a criação do Programa Universidade Gratuita uma ideia que não surge apenas pelo desejo de uma liderança política, mas como uma visão de futuro, pois contribuir com o desenvolvimento do estado. O compromisso do nosso governador com a Acafe é com o conhecimento. Viva a Acafe por longos e muitos anos”, falou.

Papel relevante

O proponente da homenagem, deputado Napoleão Bernardes, reforçou que as instituições que compõem a Acafe cumprem papel relevante na promoção do desenvolvimento humano, social e econômico. “As nossas universidades comunitárias são um exemplo porque dão a oportunidade para que pessoas de todas as regiões do nosso estado tenham acesso à educação superior com excelência e com alta qualidade próximo de onde residem. Além disso, essas instituições têm um vínculo com as comunidades e reinvestem todo o resultado no desenvolvimento regional, elas estão conectadas às vocações regionais. Se Santa Catarina tem índices que se destacam no Brasil e no mundo, isso se deve, em grande parte, ao papel das universidades comunitárias no nosso estado”, pontuou.

Bernardes foi ainda o presidente do Fórum Parlamentar em Defesa das Instituições Comunitárias de Ensino Superior de Santa Catarina, que percorreu todo o estado em 2023 com o objetivo de apoiar o fortalecimento do modelo de ensino comunitário.

“Em nome da Assembleia Legislativa, o nosso reconhecimento à Acafe também por uma iniciativa muito importante: o Programa Universidade Gratuita que faz com que as pessoas possam ingressar em um curso do sonho e não em um que cabe no bolso”, citou ainda o parlamentar.

Quem também ressaltou a importância do Programa Universidade Gratuita, instituído no ano passado, foi o reitor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Valdir Cechinel Filho, que falou em nome de todas as instituições.

“Uma associação como a Acafe resulta de um conjunto de ideias, projetos e, principalmente, pessoas que fazem parte dela. Hoje, estas universidades são responsáveis por transformar a vida de milhares de pessoas. São mais de 800 cursos de graduação e de pós-graduação que contribuem com o crescimento das microrregiões, contribuem com a qualidade de vida e construção da cidadania. Ao falar do papel fundamental da transformação social é impossível não falar do programa Universidade Gratuita que marca o fortalecimento de nossas instituições. Esta visionária iniciativa é um divisor de águas e prevê o maior investimento da história na educação”, ressaltou.

Comemorações

A Acafe anunciou oficialmente as comemorações do cinquentenário no mês passado com o evento de lançamento da campanha “Acafe: 50 anos desenvolvendo Santa Catarina pela Educação”.

A celebração não apenas reflete os 50 anos de dedicação da entidade à qualificação de profissionais e oferta de projetos e atendimentos gratuitos, mas também o compromisso contínuo com a excelência acadêmica, o avanço educacional e o fortalecimento dos laços com a comunidade.

Instituída em 2 de maio de 1974, a Acafe desempenha papel fundamental na interiorização do Ensino Superior no estado e contribui significativamente para o desenvolvimento social e econômico de todas as regiões.

O que dizem os deputados sobre a Acafe:

Ivan Naatz e líder do governo na Alesc: Este é um dia não só para comemorar os 50 anos da Acafe, mas o cooperativismo e o trabalho pelo que é melhor para todos. Estas instituições entregam conquistas e avançam na qualidade do ensino, qualificam os nossos profissionais, se fortalecem como instituição e tudo isso é a base da união de esforços e troca de experiências. Nenhuma instituição iria viver tanto tempo se não fizesse um belo trabalho e o bem. As universidades que compõem realizam sonhos.

Luciane Carminatti, presidente da Comissão de Educação da Alesc: Tive toda a minha história profissional ligada a uma universidade comunitária. Às vezes não temos a dimensão do que estas instituições fazem pelo nosso estado. Seria possível imaginar os indicadores de Santa Catarina sem as universidades comunitárias? Impossível. Agradeço pelo trabalho que as estas fizeram e continuam fazendo.

Mário Motta, presidente da Comissão dos Direitos do Consumidor e do Consumidor e do Contribuinte e de Legislação Participativa: Vim de São Paulo cheio de sonhos, formado em Educação Física e nasci em Santa Catarina junto com a Acafe. Vindo de um estado tido como o mais avançado do ponto e vista educacional, fui pego de surpresa por Santa Catarina que antecipou com uma ideia pioneira em vários aspectos, espalhando a educação por meio das universidades comunitárias. Percebi que Santa Catarina construía uma ideia sustentada no respeito ao conhecimento e às diferenças regionais, porque é assim que vejo as instituições que compõem a Acafe. O que a Acafe faz nestes 50 anos foi aperfeiçoar o estado.

Rodrigo Minotto, vice-presidente da Alesc: Ao longo de cinco décadas a Acafe é uma pedra fundamental que impulsiona a excelência na formação dos catarinenses, graças aos esforços das instituições que a compõem. A entidade proporciona aprendizado para milhares de catarinenses e contribui com o desenvolvimento intelectual e profissional. São diversas conquistas significativas com o desenvolvimento de programas inovadores, sendo um farol de excelência na educação superior. A Acafe se dedica a preparar os acadêmicos por meio de suas instituições não somente para o mercado de trabalho, mas também para serem cidadãos conscientes.

Calendário comemorativo

As comemorações de aniversário da Associação contam com uma série de eventos ao longo do ano, como homenagens do Conselho Nacional de Educação (CNE) e da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), encontros estratégicos com autoridades, cerimônias especiais em universidades associadas e atividades culturais abertas à comunidade.

● Março a outubro: Circuito Universidade Gratuita: Santa Catarina Melhor pela Educação.

● 3 de abril: Evento de lançamento do cinquentenário da Acafe.

● 16 de abril: Homenagem do Conselho Nacional de Educação (CNE) ao

cinquentenário da Acafe.

● 2 de maio: Data do aniversário de 50 anos da Acafe; Lançamento do podcast Acafe; lançamento das comemorações aos 60 anos da Furb.

● Data a ser definida: Evento cultural – Show com Dazaranha e Camerata Florianópolis.

● 13 de maio: Sessão Solene da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc) em homenagem ao cinquentenário da Acafe.

● 14 de maio: Homenagem do Conselho Estadual de Educação (CEE/SC) ao cinquentenário da Acafe.

● 22, 23 e 24 de maio: 9º Fórum Integrado de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Fiepe) e Acafe Challenge.

● 30 e 31 de maio/01 junho: 27ª Confraternização dos Funcionários e Professores das Fundações Educacionais do Sistema Acafe (Cofafe).

● 11 e 12 de junho – Semana Acafe em Brasília: Sessão Solene da Câmara dos Deputados em homenagem ao cinquentenário da Acafe; Agendas estratégicas com MEC; Capes; Comissão de Educação da Câmara e Senado; Fórum em Defesa das Universidades Comunitárias; Fórum Parlamentar Catarinense.

● 20 a 27 de junho: Homenagem do Grupo de Líderes Empresariais (Lide/SC) ao cinquentenário da Acafe e lançamento do Manifesto pela Educação.

● Julho: Cerimônia de Concessão de Títulos Honoríficos – Honoris Causa e Mérito Educacional Acafe – à entidades e personalidades que contribuíram com o desenvolvimento da entidade e da educação superior em Santa Catarina.

● 19 de julho: Comemoração aos 65 anos da Uniplac.

● Agosto: Homenagem do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub) ao cinquentenário da Acafe; Encontro de Estudantes do Sistema Acafe.

● 23 de agosto: 1º Encontro de Corais Acafe.

● 20 de setembro: Comemoração aos 60 anos da Univali.

● 23 de setembro: Comemoração aos 50 anos do Unibave.

● Outubro: Missão Internacional de reitores do Sistema Acafe.

● Dezembro: Encerramento do ano comemorativo com lançamento de livro e documentário da Acafe.

Texto: Marciano Bortolin/Agecom/Unesc

Fotos: Daniela Savi/Agecom/Unesc

editor.deolhonailha
editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img