18.5 C
fpolis
sábado, maio 21, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Circuito Catarinense de Orquestras reuniu 5 mil pessoas em show apoteótico

spot_img

Circuito Catarinense de Orquestras reuniu 5 mil pessoas em show apoteótico

spot_imgspot_img

Pela primeira vez, cinco orquestras catarinenses executaram juntas, clássicos da música erudita para um público ao ar livre

Em cinco palcos montados no Parque de Coqueiros, em Florianópolis, as cinco maiores orquestras do Estado. Foi nessa distribuição que os cerca de 250 músicos apresentaram o melhor da música clássica para crianças, adultos, jovens e idosos, em mais uma noite de apresentação do Circuito Catarinense de Orquestras.

Para ficar mais a vontade, centenas de pessoas levaram para o parque cadeiras e bancos, outros se acomodaram no chão mesmo, tudo para não perder o espetáculo. A Camerata de Florianópolis abriu o show com a música Interpretação da Ópera, de Georges Bizet. Em seguida, a Orquestra de Câmara de Blumenau interpretou O Verão e A primavera, de Vivaldi. Júpiter, O Portador da Alegria, de Gustav Holst, marcou a apresentação da Orquestra Sinfônica de Santa Catarina, que arrancou aplausos do público. A Orquestra mais antiga do Estado, a Sinfônica de Florianópolis, ergueu a multidão com a interpretação de Trepak, de Tchaikovsky. Para encerrar a primeira parte do encontro, a Filarmônica de Jaraguá do Sul apresentou Bodas de Fígaro, de Mozart.

Na seqüência, as cinco orquestras executaram juntas um mesmo arranjo, cada uma encarregada por um trecho especialmente adaptado pelo arranjador catarinense Geovani Pacheco, a partir da obra Brasil Natal 500 Anos, de Alexandre Brazolin. Após essa apresentação, o público acendeu as velas e o Arcebispo de Florianópolis, Dom Murilo Krieger, abençoou todos os presentes, em uma cerimônia simples e de agradecimento pelos produtos doados às vítimas das enchentes em Santa Catarina.

O encerramento foi o auge do espetáculo. Pela primeira vez no Brasil, cinco orquestras executaram juntas, clássicos da música erudita. Os cerca de 250 músicos tocaram as obras Suíte Aquática nº II, de Handel, Pompa e Circunstância, de Elgar, que levantaram o público em aplausos apoteóticos, e Radetsky March, de Strauss, que foi embalada, do início ao fim, por palmas. “Fechamos com chave de ouro e a participação do público tornou o espetáculo ainda mais belo”, afirmou o coordenador geral do Circuito Catarinense de Orquestras, Eduardo Macedo. No final, o público pediu bis e as orquestras tocaram mais uma vez a música de Strauss.

O concerto teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte com o Funcultural – Fundo de Incentivo a Cultura – e Fundação Catarinense de Cultura – FCC. Segundo o secretario de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, o Circuito Catarinense de Orquestras foi criado para que os músicos tivessem a oportunidade de se apresentar e a população de conhecer a música clássica. “Em dois anos mais de 165 mil pessoas assistiram as cerca de 130 apresentações em diferentes cidades catarinenses. Esse é um projeto que vai continuar e o espetáculo irá se repetir”, afirmou.

Durante o evento, o público doou alimento não-perecível para os catarinenses das áreas atingidas pelas chuvas no Vale do Itajaí. Foram arrecadados cerca de 2 toneladas.

Publicado por: Fernando Aurelio

spot_img