14.6 C
fpolis
quarta-feira, setembro 22, 2021
cinesytem

COMDES quer entidades e poder público juntos na criação da Região Metropolitana

spot_img

COMDES quer entidades e poder público juntos na criação da Região Metropolitana

spot_img

O Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento da Grande Florianópolis (COMDES) vai pedir o apoio dos prefeitos e dos presidentes das câmaras de vereadores das principais cidades da região – Florianópolis, Palhoça, Biguaçu e São José – para a efetivação da Região Metropolitana da Grande Florianópolis.

A intenção do COMDES é unir a força das suas mais de 30 entidades integrantes com o poder público municipal para cobrar do governo estadual a rápida institucionalização da região. Apenas com a formalização da Região Metropolitana as prefeituras podem realizar ações conjuntas para resolver problemas comuns entre as cidades, como mobilidade, saneamento entre outros.

Para sensibilizar os gestores e colocar o assunto na pauta das cidades, o Conselho está organizando uma série de visitas às prefeituras e às câmaras municipais. Também vai realizar, no próximo dia 18 de outubro, uma reunião com todos prefeitos e vereadores de 13 municípios da região. “Sabemos que este é um desejo comum das entidades e das prefeituras, só precisamos focar num único processo de formalização para que a Região realmente cumpra seu objetivo, que é ser uma ferramenta para solução das grandes demandas metropolitanas”, explica Caramori Jr.

No último dia 27 de setembro, em reunião extraordinária para tratar da questão, as entidades assinaram a Carta pela Região Metropolitana, já entregue ao Governo do Estado pelo secretário do Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis Clonny Capistrano. O secretário manifestou o apoio ao Conselho e solicitou cooperação técnica ao Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), órgão que reúne conhecimentos para a melhor formação e formalização de espaços metropolitanos no país.

A efetivação da Região Metropolitana da Grande Florianópolis depende de dois Projetos de Lei, que aguardam sanção do governador: o projeto que autoriza o Poder Executivo a criar o Fundo de Desenvolvimento Regional Metropolitano; e o que altera o atual modelo de gestão da região e a estrutura organizacional da Administração Pública Estadual.
 

spot_img
spot_img

Leia mais