21 C
fpolis
sábado, janeiro 29, 2022

Conheça a sustentabilidade do Estaleiro de Eike Batista na Grande Florianópolis

Conheça a sustentabilidade do Estaleiro de Eike Batista na Grande Florianópolis

spot_img

O Grupo EBX, do empresário Eike Batista, traz para nossa região desenvolvimento alinhado com as melhores práticas de sustentabilidade.

O investimento em questão é a OSX Brasil SA, companhia naval que tem projeto para a construção de estaleiro em Biguaçu, com foco na construção de plataformas, jaquetas e sondas FSPO, para atender a demanda do mercado petroleiro nacional.

Se for implantado, promete revolucionar a indústria da Grande Florianópolis e será o maior investimento privado de Santa Catarina, gerando 3.500 empregos diretos no período de construção e 4 mil empregos diretos na operação. A OSX terá como sócia do estaleiro, com 10% de capital, a coreana Hyundai Heavy Industries.

A Sustentabilidade

O Grupo EBX considera a sustentabilidade condição indispensável para a perpetuação dos seus negócios. Atua no presente sem perder de vista o futuro, buscando compatibilizar crescimento econômico, desenvolvimento social e equilíbrio ambiental, por meio da inserção dos valores socioambientais em suas atividades e da condução dos seus negócios em parceria com suas partes interessadas.

O diálogo aberto e transparente com seus colaboradores, acionistas, comunidade, clientes e fornecedores, dentre outros, permite ao Grupo EBX conhecer o ambiente onde está inserindo e identificar caminhos que possam convergir para um ponto de equilíbrio entre o capital econômico, o natural, o social e o humano, favorecendo o estabelecimento de relações transparentes com todas as partes interessadas, internas ou externas.

Neste sentido, os princípios da sustentabilidade permeiam as suas políticas corporativas, diretrizes, códigos de conduta, processos e procedimentos devem ser adotados por todos os colaboradores – desde a alta direção até os profissionais de operação e empresas contratadas.

Logo, pode-se concluir, que a implantação do Estaleiro na Grande Florianópolis seguirá a fio esta política de sustentabilidade, filosofia de trabalho que está evidente em todos os empreendimentos e ações do Grupo EBX.

Relatório de Impacto do Meio Ambiente

Dentro desse conceito de sustentabilidade, confira o Estudo de Impacto Ambiental do Estaleiro, por meio do Relatório de Impacto do Meio Ambiente (RIMA). Neste é possível identificar previamente os impactos positivos e negativos ao meio ambiente e à sociedade, propondo medidas mitigadoras e compensatórias para os negativos e potencializadoras para os positivos.

O estudo foi realizado pela empresa CARUSO JR de Florianópolis. Vale ressaltar que os documentos já foram protocolados junto à FATMA e estão disponíveis para consulta pública no site da entidade .

A conclusão que consta no RIMA é que o OSX Estaleiro – SC é um empreendimento viável se forem adotadas as medidas de controle ambiental previstas no estudo.

Principais considerações apontadas no relatório:

• Os zoneamentos previstos no Plano Diretor de Biguaçu permitem a implantação deste empreendimento no terreno escolhido para o futuro estaleiro;

• O estudo hidráulico-hidrológico realizado para conhecer a possibilidade de inundações no terreno e áreas vizinhas mostrou que a interferência do empreendimento sobre a drenagem é baixa e a mitigação das inundações é técnica e economicamente viável;

• Em atendimento as questões técnicas, ambientais e econômicas houve ampla redução do volume de dragagem passando de cerca de 16 milhões de m³ para 8.75 milhões, destacando-se que o material dragado será totalmente disposto no terreno do empreendimento;

• Dentre os elementos químicos encontrados na área, destaca-se que o arsênio (As) apresentou concentrações correspondentes aos níveis naturais para a região. Portanto o material a ser dragado não contem quaisquer tipos de poluentes;

• As alterações no padrão de erosão e deposição ocorrem apenas nas imediações do canal de navegação, o que descarta o risco de erosão do Pontal da Daniela em decorrência da atividade de dragagem;

• Os resultados da simulação de ruído ambiental demonstraram que a região apresenta emissões sonoras altas pela presença da rodovia BR-101 e que a operação do estaleiro não provocará alterações no conforto acústico;

• A pastagem, os tanques desativados de carcinocultura e as áreas de infra-estrutura correspondem a 95% do terreno, restando pequenas porções ocupadas por restinga arbórea e mangue;

• Os animais encontrados na área estão adaptados ao predomínio de pastagens e à sobrevivência em ecossistemas estuarinos. Será implementado um plano de resgate e monitoramento, visando à reintegração destas ao ambiente;

• No que se refere à fauna terrestre, alada e aquática, destaca-se que não foram encontradas espécies ameaçadas de extinção;

• Estudos detectaram que o boto cinza está distribuído por toda a Baía Norte e pode ser encontrado em profundidades de até 15 metros. Assim, o aumento da profundidade em uma determinada área não implica em um obstáculo ou perda de seu habitat;

• As principais presas do boto-cinza também estão distribuídas em diferentes áreas da baía;

• Será mantido o monitoramento desse animal para o registro do padrão de ocupação das espécies e verificar possíveis mudanças neste padrão;

• Foram feitos extensos estudos socioeconômicos, entrevistas e reuniões com comunidades das áreas de influência direta de Biguaçu, Governador Celso Ramos e Florianópolis (Norte da Ilha);

• Estudos demonstraram que os impactos ao sistema viário serão pequenos em razão da proximidade do local onde se pretende instalar o empreendimento à Rodovia BR-101. Haverá acesso exclusivo ao local e conseqüentemente pouca interferência no fluxo de passagem da Rodovia BR-101;

• Haverá a criação de 3.500 empregos na instalação e 4.000 na operação do empreendimento e a priorização na contratação será de pessoas da região, sendo, para tanto, oferecidos cursos de capacitação;

• Haverá aumento na arrecadação fiscal e dinamização da economia local, potencializada pela implantação de um programa de apoio às atividades produtivas locais;

• A delimitação de uma área para a operação de dragagem implicará em exclusões temporárias para a atividade de pesca na Baía Norte e no Canal Norte.

• No caso da maricultura, será necessário realocar duas das áreas para outros pontos dos parques aquícolas Biguaçu e Governador Celso Ramos;

• Serão tomadas todas as medidas para minimizar os impactos na pesca e mariculturas e desenvolvidos programas de apoio a essas atividades;

• Nas entrevistas feitas com a comunidade de Biguaçu e Governador Celso Ramos foi verificado alto índice de desemprego. Com a instalação e operação do estaleiro este problema será reduzido;

• O estaleiro pretende atingir meta de contratação de 90% das vagas com a comunidade de Biguaçu e região, e para isso se tornar realidade irá fornecer cursos de qualificação para todos os interessados, estes cursos serão gratuitos para todas as pessoas.

Link para download do RIMA – OSX Brasil SA:
http://getinserver.fatma.sc.gov.br/site-relatorios/OSX_Estaleiro.zip

Fontes de pesquisa da matéria:

Site da OSX – www.osx.com.br
Site do Grupo EBX – www.ebx.com.br
Site da FATMA – www.fatma.sc.gov.br

spot_img
spot_img