fique por dentro de floripa

- Saúde - CORONAVÍRUS | Com dados dos testes, novas medidas são implantadas em Florianópolis

18.04.2020

CORONAVÍRUS | Com dados dos testes, novas medidas são implantadas em Florianópolis

18.04.2020
CORONAVÍRUS | Com dados dos testes, novas medidas são implantadas em Florianópolis
Foto: Divulgação PMF

Em live no Facebook na tarde desta sexta-feira, 17 de abril, o Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, fez um balanço de todas as medidas tomadas desde o início do isolamento social na Capital. Um dos principais anúncios foi a liberação do funcionamento do comércio de rua e do setor hoteleiro, que poderão retomar suas atividades mediante aplicação de normas de prevenção à pandemia do Coronavírus. Serviços públicos oferecidos pela Prefeitura de Florianópolis, Estado e Governo Federal, em que o atendimento possa ser feito de forma externa, serão autorizados mediante agendamento e atendimento individual. Para os supermercados, a partir do dia 27 de abril entra em vigor a obrigatoriedade de medição de temperatura de todas as pessoas antes de entrarem nos estabelecimentos. Todas as regras e novas determinações municipais constam no decreto que acaba de ser publicado no Diário Oficial desta sexta-feira.

A partir de segunda-feira, 20 de abril, o comércio de rua poderá funcionar com restrições. Será permitida somente a ocupação de 1:1 nesses locais, ou seja, a entrada de um cliente para cada atendente disponível, obedecendo também, a taxa de ocupação de um cliente a cada 4 metros quadrados. Os estabelecimentos também deverão disponibilizar álcool em gel e deixar, em local visível, um cartaz com o contato do Alô Saúde Floripa.

Na sequência, a partir da próxima quinta-feira, 23 de abril, o setor hoteleiro poderá receber novos hóspedes, porém, com algumas restrições. Esses locais não poderão permitir a entrada de pessoas que apresentarem algum sintoma da Covid-19, orientar e controlar o distanciamento nesses locais, adotar medidas de higienização conforme determinação da Vigilância Sanitária, além da utilização de máscaras. Espaços dos hotéis como academias, piscinas, salas de reuniões e de convivência dos hotéis, e outros locais de convivência não poderão ser abertos aos hóspedes.

“Se aumentar o número de casos, as medidas poderão ser endurecidas. Hoje temos dados confiáveis para poder agir de forma técnica e flexibilizar, como estamos fazendo neste momento. Independente das pressões externas, continuaremos a gerir essa crise sempre resguardados pelos dados científicos e avaliação criteriosa de todo o panorama. A responsabilidade é de todos nós e é o nosso comprometimento com as determinações de saúde que vai garantir o sucesso de cada etapa”, afirmou o Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Durante a coletiva pelo Facebook, o prefeito Gean Loureiro falou sobre todas as medidas tomadas pela administração até o momento. Loureiro atribuiu a efetividade das medidas à antecipação de toda as ações implantadas. “Estamos ouvindo a nossa equipe técnica e tomando as decisões com base em quatro pilares: disponibilidade de Equipamentos de Proteção Individual e produtos de higienização, disponibilidade e aplicação dos testes, adesão ao uso da máscara pela população e acompanhamento da preparação e ocupação do sistema hospitalar por infectados pela doença”, afirmou Loureiro.

Acompanhado do Secretário Municipal de Saúde, o Doutor Carlos Alberto Justo da Silva, o Prefeito Gean Loureiro informou que 1.457 dos casos suspeitos já foram testados e 273 casos foram confirmados. No momento, a administração municipal aguarda a chegada de 546 resultados dos testes do tipo PCR. 35 mil unidades foram compradas para realização desses testes dos casos suspeitos de Covid-19. O prefeito alertou que em Florianópolis, os casos podem aumentar devido à essa testagem em massa, já que consequentemente, quanto mais testes são feitos, mais casos passam a ser conhecidos. 

“A ideia é identificar e testar para isolar e monitorar. Dados mostram que a letalidade dos casos confirmados de Covid-19 em Florianópolis é de 1,1%. Em todo Estado, essa taxa é de 3%. Enquanto que alguns países, o número de casos dobrou a cada 3 dias aproximadamente, em Florianópolis, o tempo registrado para o dobro dos casos foi de 15 dias”, concluiu Gean.

Porque a Prefeitura de Florianópolis é referência para todo o país no combate à pandemia

- A primeira cidade a adotar controle sanitário no aeroporto através da medição de temperatura e aplicação de testes para identificação da Covid-19;

- Barreira Sanitária na entrada da ilha para impedir a entrada de ônibus turísticos de outras cidades e estados;

- Implantação de Drive-thru para testagem em massa de todos os casos suspeitos;

- Envio de mensagem de texto avisando sobre os casos confirmados a 200 metros de distância da residência do morador para que o mesmo possa reforçar as medidas de prevenção contra a pandemia;

- Monitoramento por ligações telefônicas dos casos confirmados de Coronavírus;

- Início da aplicação de multas em caso de descumprimento das medidas de isolamento pelas pessoas contaminadas pelo Coronavírus;

- Disponibilidade de mais EPIs: 500 mil máscaras, 100 mil aventais, 3,7 milhões de luvas e 20 toneladas de álcool gel;

- Todas as três UPAs estão equipadas com respiradores. Os profissionais foram treinados pela Associação Catarinense de Medicina;

- Efetividade do Alô Saúde. Florianópolis foi a primeira cidade a adotar sistema de atendimento pré-clínico para evitar aglomeração nas unidades de saúde e contaminação nesses locais. Em um mês de funcionamento, foram prestados, 40 mil atendimentos. Destes, 6 mil foram relacionados à queixas de sintomas da Covid-19;

- Mais de 100 profissionais foram contratados para reforçar a equipe de saúde;

- Florianópolis é uma das cidades com maior cobertura de saúde da família.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Nota conjunta das Prefeituras de Florianópolis, São José, Biguaçu e Palhoça

10.07.2020

Nota conjunta das Prefeituras de Florianópolis, São José, Biguaçu e Palhoça

Vacina contra o vírus influenza para toda população de Florianópolis

09.07.2020

Vacina contra o vírus influenza para toda população de Florianópolis

Coronavírus em SC: Estado confirma 33.822 casos e 406 mortes por Covid-19

06.07.2020

Coronavírus em SC: Estado confirma 33.822 casos e 406 mortes por Covid-19

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.