15.9 C
fpolis
quinta-feira, maio 19, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

CPI dos Radares terá três novos depoimentos nesta quinta-feira

spot_img

CPI dos Radares terá três novos depoimentos nesta quinta-feira

spot_imgspot_img

A CPI dos Radares da Câmara Municipal de Florianópolis ouve nesta quinta-feira, 11, três novos depoimentos. O primeiro chamado a depor, a partir das 13h, é o diretor financeiro da Kopp, Fabiano Barreto. Depois, às 15h30, está prevista a oitiva de Walmor Nascimento. Na sequência, por volta das 17h, deve prestar esclarecimentos Davi Nascimento. Os dois últimos, pai e filho, são proprietários da empresa Artmil, contratada pela Kopp para fazer a manutenção dos radares em Florianópolis. As informações são da assessoria de imprensa da Câmara Municipal. 

Na última oitiva tomada pelos vereadores, no dia 28 de maio, o ex-diretor de gestão de projetos e área comercial da Kopp, Décio Stangherlin, mais conhecido por Marinho, afirmou que os R$ 100 mil encontrados com os agentes públicos Júlio Pereira Machado, Jean Carlos Cardoso e o motorista Theo Matos durante abordagem realizada pela Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul, eram para a empresa Artmil que recebia da Kopp R$ 20 mil por mês para executar o serviço. Marinho garantiu que os R$ 100 mil eram um adiantamento pago a pedido do dono da terceirizada.

De acordo com o presidente da CPI dos Radares, vereador Vanderlei Farias (PDT), a intenção com os depoimentos desta semana é analisar e comparar todas as informações obtidas até agora e tentar apurar qual era o verdadeiro destino do dinheiro apreendido.

A CPI dos Radares foi instalada para averiguar a atuação de agentes públicos apreendidos com dinheiro e aditivo contratual para a empresa Kopp no mês de setembro de 2014 no Rio Grande do Sul. Integram a Comissão os vereadores Vanderlei Farias (PDT) – presidente, Ricardo Camargo Vieira – relator, Célio João (PMDB) – sub-relator, Pedro de Assis Silvestre (PP) e Edmilson Pereira Junior (PSB).

spot_img