19.5 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Custo de Vida em Florianópolis volta a subir no mês de Abril

spot_img

Custo de Vida em Florianópolis volta a subir no mês de Abril

spot_img

Pesquisa é realizada mensalmente pelo ITAG/ESAG sob encomenda da ACIF

Após a deflação de 0,31% registrada em março, o Custo de Vida em Florianópolis voltou a subir (0,88%) no mês de abril, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (03/05) pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) e realizada mensalmente pelo ITAG/ESAG. O resultado acumulado nos últimos 12 meses é 5,21%, sendo que no primeiro quadrimestre do ano a variação acumula um aumento de 2,58%.

O Custo de Vida – Florianópolis reflete a variação de preços incidentes sobre os orçamentos de famílias florianópolitanas, com rendimentos de um a vinte salários mínimos, e foi calculado com base na comparação de preços de 319 itens, coletado no período compreendido entre os dias 30 de março a 27 de abril de 2010.

Mais uma vez, a alimentação foi o item que mais pesou na alta do custo de vida, subindo 1,65%, graças, principalmente, aos aumentos registrados nos Hortifrutigranjeiros 4,36%, (Pimentão 25,53%, Batata Inglesa 14,15%, Cebola de Cabeça 10,10%, Maça 7,09%, Abacaxi 4,86%, Ovos de Galinha 3,64%, Banana Branca 3,39%, Tomate 3,28%, e a Pescadinha 3,04%).

Também houve aumento significativo no Leite 7,20%, Cerveja 4,87%, Queijo Prato 4,32%, Carne moída de segunda 3,87%, Arroz Branco 3,68%, Azeite de Oliva 3,33%, Suco de Frutas 3,33%, Leite em Pó 3,17%, Pão Integral 3,15%, Miúdos de Aves 2,96%, Manteiga 2,72%,Carne de Segunda 2,74%, Carne Seca 2,73%, Arroz Amarelão 1,27% e Carne Moída de Primeira 1,25%.

Na Alimentação Fora do Domicílio, o aumento foi de 2,03%, resultado da alta de 2,45% no preço dos Lanches. Já as Despesas com Serviços de Recreação subiram 0,40%, em função do aumento de 10,35% identificado no preço dos ingressos de cinema.

spot_img
spot_img