15.6 C
fpolis
quarta-feira, setembro 22, 2021
cinesytem

Diante de 68 mil faltas, Ada defende controle na aplicação da segunda dose a vacina

spot_img

Diante de 68 mil faltas, Ada defende controle na aplicação da segunda dose a vacina

spot_img

Em reunião com secretário de Saúde, deputada falou em rigor para cobrança e conscientização

Ações para incentivar os catarinenses a tomarem a segunda dose da vacina contra o coronavírus foram compartilhadas pela deputada estadual Ada Faraco de Luca (MDB) junto ao secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, durante reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (30). Conforme informações do Ministério da Saúde nessa terça-feira (29), mais de 68 mil pessoas não retornaram para completar a vacinação em Santa Catarina.

“É fundamental tomar a segunda dose da vacina. Não é só a tua vida que está em risco, é a vida de todos. Principalmente a vida dos mais frágeis. Nós sabemos que não existe obrigatoriedade para a vacinação. Mas, é preciso ter bom-senso”, disse Ada. A deputada defende uma campanha de conscientização – via meios de comunicação – e também medidas mais rígidas de controle sobre a imunização.
Conforme o secretário de Saúde, as campanhas já estão sendo feitas e serão intensificadas. Também está sendo feita a busca ativa de quem precisa tomar a vacina. “E lembre-se, vacina boa é vacina no braço”, disse Motta.

 

spot_img
spot_img

Leia mais