29.6 C
fpolis
terça-feira, janeiro 25, 2022
cinesytem

Eduardo Sturla vem a Florianópolis atrás do tetra no Ironman Brasil 2011

Eduardo Sturla vem a Florianópolis atrás do tetra no Ironman Brasil 2011

spot_img

Mais maduro, como atleta e ser humano. Assim o argentino Eduardo Sturla, tricampeão do Ironman Brasil avalia seu momento e sua participação na edição deste ano da competição, única seletiva da América Latina para o Mundial Ironman do Havaí para o atletas amadores. Ele será um dos destaques e um dos sérios candidatos ao título na etapa brasileira, marcada para o dia 29 de maio, a partir das 7h, em Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC). Campeão em 2001, 2008 e 2009, ele disse estar pronto para mais um desafio e para brigar pelo tetracampeonato. O Ironman Brasil 2011 reunirá 2000 atletas de 34 países e terá 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida.

No ano passado, ele conseguiu alguns importantes resultados, como o quarto lugar em Floripa, o terceiro no Ironman de Cozumel, os vices no Duathlon Cross Sports e no Campeonato Argentino de Duathlon Long Distance. Sturla ainda ficou com o 31o lugar na final do circuito, no Havaí, sendo o melhor atleta sul-americano pela quarta vez consecutiva. ´Foi um ano muito bom. Nesta última temporada amadureci muito como atleta e como ser humano. Isso será muito importante na sequência de minha carreira`, afirma.

Sturla fez sua preparação para o Ironman Brasil 2011 na Austrália. ´Treinar na Austrália com alguns dos melhores atletas do nosso esporte me deu muita confiança e pude aprender muitas coisas, principalmente que os limites somos nós mesmos que definimos. Acho que estou melhor do que em outras edições. Estou melhor que o ano passado e pior que o ano que vem`, brinca.

Eduardo Sturla tem três títulos, assim como seu compatriota Oscar Galindez. Isso acabou provocando uma rivalidade à parte na competição, com cada um dos triatletas querendo ser o maior vencedor da competição. Mesmo assim, Sturla prefere elogiar o adversário. ´Oscar é um atleta extraordinário que faz coisas extraordinárias. Eu sou um atleta comum, que tenta fazer coisas extraordinárias`, diz.

O tricampeão também comentou a mudança da regra para a classificação para o Ironman do Havaí. Vale lembrar que os organizadores do circuito agora levarão os 50 melhores profissionais masculinos pelo ranking de resultados e não mais pelos resultados nas seletivas. Estes serão somados para a definição dos melhores. ´Realmente essa é uma coisa que me preocupa muito. Neste momento estou em 19o no ranking e vão os primeiros 50. Não posso relaxar`, conclui.
A premiação do Ironman Brasil 2011 também mudou. Agora, a disputa em Florianópolis distribuirá 75 mil dólares (antes era 50), aos melhores triatletas profissionais, no masculino e feminino. A divisão é a seguinte: 1) $12.000; 2) $8.000; 3) $5.500; 4) $4.000; 5) $3.500; 6) $2.000; 7) $1.500; e 8) $1.000.

A programação oficial começa no dia 25 de maio, com a abertura da Expo Ironman. A partir daí, acontece uma série de ações, com destaque para os congressos técnicos para todas as categorias, amadores e profissionais, todas no Clube Doze de Agosto. Na sexta-feira, dia 27, será a vez do tradicional Jantar de Massas, a partir das 19h, no P12. No dia 29 as atividades começam cedo, às 4h30, com a pintura dos atletas e acesso à área de transição. A largada será às 7h, com término à meia-noite. Na segunda-feira, dia 30, será a vez do almoço de confraternização, também no P12.

O Ironman Brasil 2011 é uma realização da Latin Sports e da Associação Brasileira de Esportes Endurance (ABEE), co-patrocínio de Asics, com apoio de Aquasphere, Citroen, Net, Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura de Santa Catarina (Fundesporte), Unimed Grande Florianópolis, Prefeitura Municipal de Florianópolis, Latin Eco, Fundação Municipal de Esportes (FME/Fpolis), TV Latin, Federação de Triathlon de Santa Catarina (Fetrisc).

Mais informações no site www.ironmanbrasil.com.br

spot_img
spot_img