13.9 C
fpolis
terça-feira, maio 24, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Em 18 dias, mais de 160 toneladas de tainha já foram capturadas nas praias de Florianópolis

spot_img

Em 18 dias, mais de 160 toneladas de tainha já foram capturadas nas praias de Florianópolis

spot_imgspot_img

A expectativa está se tornando realidade nas praias de Florianópolis: nos primeiros 18 dias de pesca com rede, já foram capturadas mais de 160 toneladas de tainhas, sendo 80 toneladas em apenas dois dias (17 e 18 de maio).

A tainha que chega a Santa Catarina nesta época do ano vem em cardumes migratórios da lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul. Elas buscam águas menos geladas pra desovar e, embora a pesca no período vá até o litoral do Rio de Janeiro, a maior parte dos cardumes fica aqui no Estado.

O secretário de Pesca, Maricultura e Agricultura, William Nunes, acompanhou e participou de algumas dessas capturas em praias da Capital, valorizando a cultura e os pescadores artesanais. “As tainhas já estão chegando às praias de Florianópolis e alguns lanços já aconteceram. Tenho certeza que nesses próximos dias iremos, no mínimo, dobrar essa quantidade já capturada”, disse.

Mesmo com as dificuldades de liberação das licenças para as embarcações que trabalham com redes anilhadas, a Secretaria de Pesca não está medindo esforços para sanar o problema e atender à demanda da classe em parceria com a Federação dos Pescadores do Estado de Santa Catarina.

“As regras do Ministério da Pesca e Aquicultura para o arrasto de praia são claras: as redes só podem ser lançadas a até 800 metros da areia e distantes 300 metros dos costões. Na temporada da tainha, os pescadores têm os vigias que ficam em uma casinha alta ou no morro olhando pro mar”, informou o secretário.

A pesca da tainha é tão significativa que foi tombada como patrimônio cultural imaterial de todos os catarinenses pela lei estadual 15.922, de 2012. A temporada de pesca da tainha teve início em 1º de maio e segue até 31 de julho no litoral Catarinense.

As informações são da assessoria de imprensa da Prefeitura da Capital. 

spot_img