17.3 C
fpolis
domingo, outubro 17, 2021
cinesytem

‘Estão querendo me calar’, diz dono da Havan sobre processo contra ele; veja vídeo

spot_img

‘Estão querendo me calar’, diz dono da Havan sobre processo contra ele; veja vídeo

spot_img

O dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, não escondeu sua indignação com o fato de ter sido intimado pelo Ministério do Trabalho de Santa Catarina (MPT-SC) por conta de, segundo denúncias, coagir os funcionários da rede a votarem em Jair Bolsonaro. Clique aqui pra saber mais sobre a ação movida pelo MPT-SC contra Luciano Hang. 

Ele usou o Facebook para fazer duas "lives" nesta quarta-feira, 3, falando sobre a ação do MPT-SC – que disse considerar absurda – e aproveitou para opinar sobre o cenário político brasileiro, afirmando diversas vezes que, caso o PT ganhe mais uma eleição, "o Brasil vai virar uma Venezuela". 

Luciano Hang também aproveitou para se defender das acusações de que estaria exigindo que funcionários votassem em Bolsonaro. Segundo ele, houve apenas uma conversa aberta com os colaboradores na qual ele expôs sua opinião sobre os problemas que o PT causou ao país. 

Confira as "lives" feitas por Luciano Hang após receber a intimação do MPT-SC:

spot_img
spot_img