fique por dentro de floripa

- Geral - Estudo mostra o número de moradores de rua de Florianópolis

07.06.2016

Estudo mostra o número de moradores de rua de Florianópolis

07.06.2016
Estudo mostra o número de moradores de rua de Florianópolis
Foto: Carmelo Cañas/DeOlhoNaIlha/Arquivo

Foi apresentado nesta segunda-feira, 6, na Câmara Municipal de Florianópolis, o resultado da primeira etapa do Projeto Contagem da População em Situação de Rua. O estudo aponta Florianópolis com 421 pessoas em situação de rua, sendo que 144 estão em casas de acolhimento: 46 no Albergue Municipal, 66 nas Casas de Apoio e 32 em unidades cofinanciadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social. As informações são da Secretaria de Comunicação da Prefeitura. 

Entre as 277 pessoas que não utilizam nenhum abrigo da Prefeitura, a grande maioria se concentra no Centro, somando 67,1% dos entrevistados. O Norte da Ilha concentra 13,5%, o Leste 6,5% e o Continente 11%. O Sul da Ilha concentra 1,9% das pessoas em situação de rua.

O projeto visa a buscar um número oficial de pessoas em situação de rua em Florianópolis e traçar um perfil dos entrevistados e dos locais onde eles passam o tempo. O intuito da ação foi mapear a situação atual da cidade, para que novas formas de auxílio e atendimento aos moradores de rua sejam implantadas.

Para obter os dados, foi realizado um questionário nos equipamentos públicos que promovem o atendimento à população de rua (Albergue, Casas de Apoio e Centro Pop), nas entidades de acolhimento conveniadas e através do mapeamento dos territórios onde os as pessoas se encontram, pelo Serviço de Abordagem Social.

O projeto envolveu as equipes do Centro Pop, da Casa de Acolhimento Para População em Situação de Rua (Homens) Centro, Casa de Acolhimento para Mulheres Vítimas de Violência/Situação de Rua e do Albergue Municipal.

Outro dado apresentado foi a relação entre os motivos de as pessoas escolherem Florianópolis para ficar, sendo que grande parte dos moradores de rua veio de fora da cidade. O principal motivo apresentado foi a busca por trabalho, razão apontada por 64% dos entrevistados. Também foi dito que 13% das pessoas vieram por turismo e 11% por causa da família. O restante veio motivado por uma vontade de mudar de vida, pessoas conhecidas  ou motivos de saúde. Foi constatado que 66% das pessoas ainda possuem algum tipo de contato com familiares.

Também foi tópico da pesquisa o uso de drogas entre os moradores de rua. O álcool foi o mais presente entre os entrevistados, com 80% dos abordados alegando que fazem uso da droga, sendo que 27% são exclusivamente de etilistas.

O uso diário de entorpecentes está presente na vida de 77% dos moradores de rua. Entre estes, 53% também usam maconha, 37% crack e 27% cocaína. Uma parcela de 20% das pessoas entrevistadas alegou não usar nenhum tipo de droga.

A grande maioria das pessoas em situação de rua de Florianópolis é de homens, somando 88%. A idade média entre eles é de 37 anos e 35% tem ensino fundamental incompleto, enquanto 23% possui ensino médio completo.

Foram entrevistas oito pessoas que possuem ensino superior completo. A pesquisa também indicou que 58% se autodeclaram brancos, 19% negros e 21% pardos. Além disso, 61% afirmam não ter sofrido nenhum tipo de violência no último ano.

Entre os que afirmam ter recebido algum tipo de violência, 43% dizem que os agressores foram outros moradores de rua, 12% indicam ter sofrido por parte de familiares, 55% da polícia, 17% da Guarda Municipal, 17% desconhecido e 4% outros.

Diversas entidades foram representadas no evento e muitas perguntas foram feitas à coordenadora do projeto, Priscilla Mathes. Sílvia de Luca, Secretária Municipal de Assistência Social, também esteve presente.

A segunda etapa do projeto deverá ser executada entre os meses de agosto e setembro deste ano.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

OAB/SC vai prestar assistência jurídica gratuita em ações sociais na Grande Florianópolis neste sábado

16.08.2019

OAB/SC vai prestar assistência jurídica gratuita em ações sociais na Grande Florianópolis neste sábado

WOA e ACIF levam WI-FI gratuita para o Monte Serrat

14.08.2019

WOA e ACIF levam WI-FI gratuita para o Monte Serrat

CDL de Florianópolis participa de reunião com comerciantes da rua Victor Meirelles

14.08.2019

CDL de Florianópolis participa de reunião com comerciantes da rua Victor Meirelles

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.